Home Política Novo boletim traz agenda de atos nacionais e internacionais por Lula Livre
Democracia nas ruas

Novo boletim traz agenda de atos nacionais e internacionais por Lula Livre

Além de mostrar que crescem as manifestações em defesa da democracia e da libertação do ex-presidente, inclusive por centenas de juristas, vídeo traz a cobertura dos protestos contra o golpe militar de 1964
Publicado por
Política
Compartilhar:   
reprodução
lula livre

São Paulo – Em sua terceira edição, o Boletim Lula Livre traz a agenda completa de todos os atos e mobilizações que serão realizados a partir desta sexta (5), no Brasil e no mundo, que vão ampliar a pressão popular pela libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Neste domingo (7), completa-se um ano da prisão política de Lula.

Para Wagner Santana, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (SMABC), a população deve levar às ruas a mesma energia de um ano atrás, quando milhares de pessoas prestaram apoio ao ex-presidente, em São Bernardo do Campo. 

“Tudo que fizemos naquele 7 de abril está presente nos corações e nossas almas. A voz de Lula ecoa pelas ruas de todo o Brasil e não descansaremos enquanto Lula estiver de novo num caminhão de som, em frente ao sindicato, trazendo esperança ao povo brasileiro”, disse.

João Pedro Stédile, da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), pede para que todos participem da mobilização. “Se você mora no interior, junte seus amigos e vá para o fórum da sua cidade. Exija que o poder Judiciário crie vergonha e respeite a Constituição Federal.”

Um manifesto assinado por mais de 400 juristas brasileiros pede a liberdade do ex-presidente. O documento destaca que Lula é vítima da injustiça e da violência praticada pelo Estado. “Nem é verdade que Lula foi condenado em segundo grau. Foi no sentido formal, mas não no sentido material. A Constituição não determina apenas regras formais para o processo, mas regras materiais, valores morais e direitos, que devem ser garantidos ao réu”, disse Pedro Serrano, um dos juristas que assinou o texto.

Na capital paulista, o principal ato está programado para o domingo, na Avenida Paulista, às 14h. No Rio, as atividades começam no sábado (6), com o Futebol pela Democracia, no Club Politheama, que contará com a presença do cantor Chico Buarque. No dia 7, às 14h, haverá o festival Democracia e Justiça, em Copacabana. Confira a programação completa aqui.

Assista: