Home Política ‘Justiça aponta tudo contra Lula, e para os amigos, nada’, diz João Cayres
Perseguição

‘Justiça aponta tudo contra Lula, e para os amigos, nada’, diz João Cayres

Comentarista político do 'Seu Jornal', da TVT, João Cayres, aponta nova condenação contra Lula como outro episódio da seletividade judicial
Publicado por Redação RBA
10:08
Compartilhar:   
TVT/Reprodução
Tratamento justiça Lula

Cayres critica a desconsideração da Justiça com as provas que inocentam Lula e os erros da nova condenação

São Paulo – Em sua coluna para o Seu Jornal, da TVT, o comentarista político João Cayres chama a atenção para a diferença, que considera para pior, do tratamento dispensado pela Justiça ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Cayres destaca que as condenações contra o ex-presidente, envolvendo-o no caso do triplex no Guarujá, e a mais recente, sobre o sítio de Atibaia, evidenciam uma perseguição ao ex-presidente.

Segundo argumenta Cayres, a nova sentença imposta a Lula, de 12 anos e 11 meses de prisão, pelo caso conhecido como “sítio de Atibaia”, proferida pela juíza Gabriela Hardt, nem sequer foi escrita pela magistrada que substitui o agora ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, na Operação Lava Jato. Ainda de acordo com o comentarista, a condenação é “equívoca” e chega a tratar o delator Léo Pinheiro como se fosse duas pessoas, ao citar o nome como é conhecido e seu nome completo, José Aldemário, logo na sequência.

“Tudo que é prova que inocenta o Lula, eles (juízes) não aceitam, a gente vê na sentença vários erros escandalosos e parece que não acontece nada”, contesta Cayres, contrapondo a atuação da Justiça com a falta de investigação contra o ex-deputado e senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e seu ex-assessor Fabrício Queiroz, suspeitos de movimentações atípicas, desvio de dinheiro público e associação com organizações criminosas. “Por um lado, eles apontam tudo contra o presidente Lula e, para os amigos, eles não apontam nada”, avalia.

Assista ao comentário para o Seu Jornal: