Home Política MDB fica com três das 14 comissões do Senado
Acordo

MDB fica com três das 14 comissões do Senado

Nomes dos presidentes serão confirmados nesta quarta-feira
Publicado por Redação RBA
18:36
Compartilhar:   
Marcos Brandão/Senado Federal
senado

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre, depois da reunião dos líderes, que definiu comando das comissões da Casa

São Paulo – Com a maior bancada no Senado, o MDB ficará com a presidência de três comissões permanentes, incluindo a cobiçada CCJ (Constituição, Justiça e Cidadania). As outras são a de Educação, Cultura e Esporte (CE) e a Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização (CMO), que neste ano deverá ter um senador e no próximo, um deputado. Após acordo entre os líderes, os nomes de todos os presidentes serão oficializados nesta quarta-feira (13).

Dois partidos terão duas comissões cada. O PSD ficou com as de Assuntos Econômicos (CAE) e de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), enquanto o PSDB terá o comando das de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) e de Transparência, Governança, Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor (CTFC).

As demais ficaram divididas entre oito legendas. A Comissão Senado do Futuro (CSF) terá comando dividido, com PRB e o PSC se revezando entre presidência e relatoria em 2019 e 2020.

Três comissões têm 27 integrantes cada: CCJ, CE e Assuntos Econômicos (CAE, que ficou com o PSD). A de Serviços de Infraestrutura (CI) tem 23 e a Assuntos Sociais (CAS), 21. Ficarão sob comando de DEM e Pode, respectivamente.

O PT ficou com a de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), com 19 membros. Na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária, a presidência será do PSL, enquanto na de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) o comando ficará com o PP. 

Com informações da Agência Senado