Home Política Com votos da direita à esquerda, Rodrigo Maia se reelege para presidir a Câmara
Congresso

Com votos da direita à esquerda, Rodrigo Maia se reelege para presidir a Câmara

Deputado federal do Rio de Janeiro pelo DEM, Maia foi reconduzido em primeiro turno com 334 votos. Ele vai comandar a Casa entre 2019-2020
Publicado por Redação RBA
10:00
Compartilhar:   
Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Rodrigo Maia

Reconduzido em primeiro turno com 334 votos, ele vai comandar a Casa entre 2019-2020

São Paulo – O deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito presidente da Câmara dos Deputados. Reconduzido em primeiro turno com 334 votos, ele vai comandar a Casa entre 2019-2020. Fábio Ramalho (MDB-MG) teve 66 votos. Marcelo Freixo (Psol-RJ), 50 votos. Em seguida, JHC (PSB-AL), com 30 votos, Marcel Van Hattem (Novo-RS), com 23, Ricardo Barros (PP-PR), com quatro, e General Peternelli (PSL-SP), com dois.

Para se eleger com facilidade no primeiro turno, Maia teve votos da direita à esquerda. Sua vitória já era dada como certa nos bastidores da Câmara.

Filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia, em seu primeiro discurso como reeleito, ele procurou agradar os apoios que teve, do PSL ao PCdoB. “O Congresso não é um puxadinho do Executivo”, disse, por exemplo, acenando à esquerda.

Por outro lado, sinalizou de maneira enfática ao mercado, na defesa da agenda do governo de Jair Bolsonaro. “Se nós não reformarmos o Estado brasileiro, cortarmos despesas, não adianta pensar em investimento. O governo federal como um todo, estados e municípios perderam a capacidade de investir e nós só vamos recuperá-la quando tivermos a capacidade de dizer: não dá mais para o Estado brasileiro custar o que custa”.

A eleição para a presidência do Senado não foi concluída até o fechamento desta matéria.