Home Política Lula: não temos que bater boca, mas defender os direitos do povo
Governo errante

Lula: não temos que bater boca, mas defender os direitos do povo

A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, e a ex-presidenta Dilma Rousseff visitaram Lula nesta quinta-feira
Publicado por Redação RBA
19:42
Compartilhar:   
Reprodução
gleisi hoffmann

Lula orientou a “mostrar com dados concretos o que precisa ser feito para melhorar a vida da população”

São Paulo – A ex-presidenta Dilma Rousseff e a presidenta nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), visitaram o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em Curitiba, nesta quinta-feira (3). Dilma não falou com a imprensa por conta do horário de seu voo de retorno, mas a senadora conversou com jornalistas na Vigília Lula Livre.

“O que nós temos que fazer não é comprar brigas, bater boca, é sim defender os direitos do povo. Falar do nosso legado, do que construímos nesses 13 anos no Brasil e mostrar com dados concretos o que precisa ser feito para melhorar a vida da população”, disse a  parlamentar quando questionada sobre as orientações de Lula para lidar com o atual momento político.

De acordo com Gleisi, sobre as primeiras medidas tomadas pelo governo Bolsonaro a que mais despertou a atenção foi a relativa ao reajuste do salário mínimo. “Uma das mais preocupantes foi a questão do salário mínimo, onde se tinha uma oportunidade de fato de dar o aumento que estava no orçamento e houve um recuo. Depois, a medida provisória sobre a reestruturação administrativa. A questão da Funai é muito preocupante, colocar um órgão como esse submetido ao Ministério da Agricultura faz com que a proteção às terras indígenas e aos indígenas fique muito vulnerável”, analisou.

“Nós não sabemos o que vai ser feito na Reforma da previdência, em termos de medidas geração de emprego, de medidas tributárias. É um governo que tem um discurso absolutamente vazio, ideológico, levando a ideologia ao centro do Planalto, e não diz a que veio”, comentou.

Sobre o fato de Bolsonaro ter dito em seu discurso no Parlatório que iria livrar o país do socialismo, Gleisi foi enfática. “Isso tudo é retórica e discurso de palanque, quero saber como eles vão governar para o povo brasileiro. O que eles têm que dizer é quais são as medidas que serão feitas para gerar emprego e melhorar a renda do povo brasileiro”, afirmou. “Não adianta fazer discursos verborrágicos contra um inimigo que eles estão criando. Eles ganharam a eleição e vão fazer o que com o Brasil? Vão continuar brigando com o PT?”

A presidente do PT disse ainda que Lula manifestou preocupação em especial com a economia e as políticas sociais no novo governo.