Você está aqui: Página Inicial / Política / 2018 / 09 / No Rio, pesquisa mostra Paes na dianteira e briga pelo Senado embolada

Datafolha

No Rio, pesquisa mostra Paes na dianteira e briga pelo Senado embolada

Ex-prefeito subiu seis pontos em relação ao levantamento anterior e abriu vantagem sobre Romário
por Redação RBA publicado 07/09/2018 08h48
Ex-prefeito subiu seis pontos em relação ao levantamento anterior e abriu vantagem sobre Romário
Pesquisa Rio

Paes (DEM) tem 24%, Romário (Pode) 14% e Garotinho (PRP), com candidatura indeferida, aparece com 10%

São Paulo – O ex-prefeito Eduardo Paes (agora no DEM) lidera a pesquisa de intenção de voto para o governo do estado do Rio de Janeiro, com 24%, segundo divulgou o instituto Datafolha nesta quinta-feira (6). O senador Romário Faria (Pode) tem 14%, enquanto o ex-governador Anthony Garotinho (PRP)  aparece com 10% – o Tribunal Regional Eleitoral do Rio indeferiu ontem a candidatura de Garotinho, que ainda pode recorrer. 

Entre os demais candidatos, Tarcísio Mota (Psol) aparece com 7%, Índio (PSD) tem 5%, Pedro Fernando (PDT) tem 3% e Marcia Tiburi (PT), 2%. André Monteiro (PRTB), Dayse Oliveira (PSTU), Marcelo Trindade (Novo) e Wilson Witzel (PSC) têm 1% cada, e Luiz Eugênio (PCO) não pontuou. Votos em branco ou nulos somam 24%, enquanto 6% não sabem em quem votar.

Em relação à pesquisa anterior, de agosto, Paes subiu seis pontos (tinha 18%), enquanto Romário e Garotinho oscilaram dois pontos para baixo.

O candidato do PRP lidera na rejeição: 46% dizem que não votariam nele de jeito nenhum. Em seguida, vêm Paes (30%), Romário (27%) e Índio (20%).

A disputa por duas das três vagas fluminenses no Senado permanece acirrada. Cesar Maia (DEM) lidera com 21%, enquanto Lindbergh Farias (PT) aparece em segundo, com 18%, seguido de perto por Flávio Bolsonaro (PSL), com 17%. Ainda perto, estão Chico Alencar (Psol), 14%, e Miro Teixeira (Rede), 12%. Um pouco mais atrás, Pastor Everaldo (PSC) e Arolde de Oliveira (PSD), ambos com 6%. 

Encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo e pela TV Globo, a pesquisa ouviu, segundo o Datafolha, 1.357 eleitores em 35 municípios, entre terça e quinta-feira. A margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.