Home Política Doria e Skaf empatam em pesquisa Ibope para o governo de São Paulo
Eleições 2018

Doria e Skaf empatam em pesquisa Ibope para o governo de São Paulo

Na disputa pelo Senado, o vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT) lidera com 28% das intenções de voto
Publicado por Redação RBA
Política
Compartilhar:   
Marcello Casal e Wilson Dias/ABr
Doria e Skaf

João Doria tem 20%, enquanto Paulo Skaf (MDB) aparece na pesquisa Ibope com 18%

São Paulo – Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira (20) mostra empate técnico na disputa pelo governo do estado de São Paulo. João Doria (PSDB) aparece com 20%, enquanto Paulo Skaf (MDB) tem 18%. O atual governador, Márcio França (PSB), soma 5% e Luiz Marinho (PT), 4%. 

Major Costa e Silva, do DC, marca 3% e Professora Lisete Arelaro (Psol), 2%. Também pontuaram Marcelo Cândido (PDT), Rodrigo Tavares (PRTB), Toninho Ferreira (PSTU) e Cláudio Fernando (PMN), todos com 1%. Edson Dorta (PCO) e Rogerio Chequer (Novo) não pontuaram. Brancos e nulos somam 29%, enquanto os que não souberam responder ou não opinaram são 15%.

Em termos de rejeição, Doria está em primeiro lugar, com 35% dos entrevistados dizendo que não votariam nele de jeito nenhum. Em seguida vem Skaf, com 23% de rejeição, e Márcio França, com 11%.

Para o Senado, a liderança folgada é do vereador paulistano Eduardo Suplicy (PT), com 28%. Esse é o primeiro levantamento do instituto que não traz o nome da senadora Marta Suplicy (MDB), que desistiu de buscar a reeleição. Sem ela, aparece na segunda colocação o também vereador Mario Covas Neto (Pode), com 17%, vindo em seguida o deputado federal Major Olímpio (PSL), com 15%. Ricardo Tripoli (PSDB) tem 6%, mesmo percentual de Cidinha (MDB). Nesta eleição são duas vagas para o Senado.

A pesquisa Ibope realizou 1.204 entrevistas no estado entre sexta-feira (17) e domingo (19). O nível de confiança estimado é de 95%, e a margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Rio de Janeiro tem empate triplo

Levantamento feito para o estado do Rio de Janeiro mostra um triplo empate técnico na liderança. Romário Faria (Podemos) tem 14%, seguido por Eduardo Paes (DEM), com 12%, e Anthony Garotinho (PRP), 12%. Tarcísio Motta (PSOL) marca 5%, vindo em sequência Indio da Costa (PSD), 3%; Pedro Fernandes (PDT) e Márcia Tiburi (PT), com 2% cada, e André Monteiro (PRTB), Dayse Oliveira (PSTU), Marcelo Trindade (Novo) e Wilson Ex Juiz Federal (PSC) cada um com 1%. Brancos/nulos são 35% e indecisos somam 11%.