vaticano

Papa recebe Celso Amorim para falar sobre prisão política de Lula

Ex-ministro entrega edição do livro 'A verdade vencerá' e relata que o assunto principal da audiência foi a situação da democracia no país e do ex-presidente

TWITTER/LULAOFICIAL
papa francisco e celso amorim

Amorim e o papa discutiram a situação política e jurídica do caso Lula, além dos problemas da América do Sul

São Paulo – O papa Francisco recebeu no Vaticano, na manhã desta quinta-feira (2), Celso Amorim, ex-ministro das Relações Exteriores e da Defesa nos governos Lula e Dilma. brasileiro entregou ao pontífice uma versão em italiano do livro A Verdade Vencerá, em que o ex-presidente narra a perseguição judicial de que é vítima para tirar sua candidatura das eleições deste ano.

Segundo o ex-ministro,  o assunto principal da audiência foi a situação do ex-presidente, e as palavras usadas pelo papa para se referir à situação do Brasil foram ‘interesse e preocupação. “Ele tem acompanhado com interesse e com preocupação. 

Leia também:

Papa Francisco declara pena de morte “inadmissível” em todos os casos

ReproduçãoBilhete do Papa Francisco a Lula
Em espanhol, bilhete de Francisco: ‘1A Luiz Inácio Lula da Silva com a minha bênção e pedindo-lhe para orar por nós’


Ele antes, como se sabe, já mencionou em uma homilia como têm se passado os golpes na América Latina. Essa é uma preocupação constante do Papa, e ele quis ouvir com muito interesse toda a situação como se deu no Brasil, toda a evolução política”, relata.

Também participaram da audiência no Vaticano o ex-ministro argentino Alberto Fernández e o ex-ministro chileno Carlos Ominami. Eles discutiram os problemas do Brasil e da América do Sul. Ao fim do encontro, Francisco enviou uma bênção a Lula.

Antes da reunião de hoje, o pontífice já havia enviado um rosário abençoado ao petista, por meio de Juan Grabois, consultor do Vaticano. 

Assista abaixo ao relato de Celso Amorim

Leia também

Últimas notícias