Eleições 2018

Com aliança do Centrão, Alckmin terá quase metade do horário eleitoral na TV

Horário eleitoral será última cartada do ex-governador para desempacar nas pesquisas. Tucano é o preferido do mercado para dar sequência ao governo Temer

Governo de SP/Ricardo Stuckert-IL/Alexandre Campbell/Zeca Ribeiro-ABr
Eleicoes tempo TV

Alckmin terá o maior tempo de programa no horário eleitoral da TV, seguido de Lula e Meirelles. Sem ter conquistado alianças, Bolsonaro terá 8 segundos para expor ideias e planos para o país

São Paulo – O horário eleitoral na TV começa no dia 31, com espaço apenas para as eleições estaduais. Os programas dos presidenciáveis começam a ir ao ar em 1º de setembro (sábado). Serão dois blocos por dia. O último dia de horário eleitoral gratuito será 4 de outubro. De acordo com a divisão dos programas informada pelo Tribunal Superior Eleitoral, além dos tempos em cada um dos blocos, Geraldo Alckmin (PSDB), com sua aliança de muitos partidos, terá mais de metade do total de inserções diárias ao longo das programações: 434 inserções de 30 segundos em rádio e TV.

O dilema estratégico do PSDB será se utiliza mais tempo para se desvencilhar do golpe e do governo Temer – dos quais o partido é protagonista – e seus efeitos negativos na vida dos brasileiros. Se vai optar por bater em Jair Bolsonaro (PSL), hoje principal figura anti PT e seu adversário direto por uma vaga no segundo turno. Ou se aponta as baterias para o próprio PT, que lidera as pesquisas

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá 189 inserções, e será o destaque da legenda, até que o TSE decida sobre os pedidos de impugnação de sua candidatura. O partido deve usar a propaganda na TV para popularizar o nome do vice na chapa, Fernando Haddad. Recentemente, em sabatina, Haddad afirmou que Alckmin e Bolsonaro terão de disputar o mesmo eleitorado e apenas um deles estará no segundo turno para enfrentar o PT.

Bolsonaro terá direito a 11 inserções em 35 dias de campanha e deve apelar para divulgar suas redes sociais, onde concentrará a campanha. Ciro Gomes (PDT) contará com 51 programas de meio minuto e Marina Silva (Rede), 29.

Divisão

Os programas dos candidatos a presidente serão veiculados aos sábados, terças e quintas-feiras, em dois blocos diários de 12 minutos e 30 segundos. No rádio, haverá um bloco às 7h e outro às 12h. Na TV, o primeiro bloco será veiculado às 13h e o segundo às 20h30.

O tempo de cada presidenciável corresponde a um cálculo proporcional à representação na Câmara dos Deputados de cada um dos partidos que integram a coligação. Abaixo, todos os tempos de cada candidato (em ordem alfabética):

Alvaro Dias (Podemos, PSC, PTC, PRP): 2 blocos diários de 40 segundos cada um + 52 inserções no primeiro turno + 1 inserção de sobra de 30 segundos

Cabo Daciolo (Patriota): 2 blocos diários de 8 segundos cada um + 11 inserções no primeiro turno

Ciro Gomes (PDT, Avante): 2 blocos diários de 38 segundos cada um + 50 inserções no primeiro turno + 1 inserção de sobra de 30 segundos

Eymael (Democracia Cristã): 2 blocos diários de 8 segundos cada um + 11 inserções no primeiro turno + 1 inserção de sobra de 30 segundos

Geraldo Alckmin (PSDB, PRB, PP, PTB, PR, PPS, DEM, PSD, SD): 2 blocos diários de 5 minutos 32 segundos cada um + 434 inserções no primeiro turno

Guilherme Boulos (Psol, PCB): 2 blocos diários de 13 segundos cada um + 17 inserções no primeiro turno

Henrique Meirelles (MDB, PHS): 2 blocos diários de 1 minuto e 55 segundos cada um + 151 inserções no primeiro turno

Jair Bolsonaro (PSL): 2 blocos diários de 8 segundos cada um + 11 inserções no primeiro turno

João Amoêdo (Novo): 2 blocos diários de 5 segundos cada um + 7 inserções no primeiro turno + 1 inserção de sobra 30 segundos

João Goulart Filho (PPL): 2 blocos diários de 5 segundos cada um + 7 inserções no primeiro turno

Lula (PT, PC do B, Pros): 2 blocos diários de 2 minutos e 23 segundos cada um + 188 inserções no primeiro turno + 1 inserção de sobra de 30 segundos

Marina Silva (Rede, PV): 2 blocos diários de 21 segundos cada um + 28 inserções no primeiro turno + 1 inserção de sobra de 30 segundos

Vera Lúcia (PSTU): 2 blocos diários de 5 segundos cada um + 7 inserções no primeiro turno

Ordem de aparição na TV

No mesmo evento, foi sorteada a ordem de veiculação do primeiro dia de propaganda para presidente, em 1º de setembro:

Marina Silva

Cabo Daciolo

Eymael

Henrique Meirelles

Ciro Gomes

Guilherme Boulos

Geraldo Alckmin

Vera Lúcia

Lula

João Amoêdo

Alvaro Dias

Jair Bolsonaro

João Goulart Filho

A ordem mudará a cada dia, de modo que o primeiro de antes será o último no dia seguinte.

Assim, no segundo dia de propaganda, 4 de setembro, o primeiro programa será de Cabo Daciolo e no terceiro dia, 6 de setembro, o primeiro será de Eymael, e assim por diante.

Todos os dias, o último a veicular sua propaganda terá nove segundos a mais, relativos a uma sobra no tempo de cada bloco.

Eleições TSE TV