Home Política Petroleiros garantem que greve não provocará falta de gasolina e gás
luta

Petroleiros garantem que greve não provocará falta de gasolina e gás

De acordo com a FUP, trabalhadores continuaram produzindo derivados de petróleo durante o movimento dos caminhoneiros. 'Tanques das refinarias estão cheios'
Publicado por Redação RBA
09:55
Compartilhar:   
Roberto Parizotti/CUT
greve dos petroleiros.JPG

FUP convocou a greve nacional contra a política de preço dos combustíveis e a privatização da Petrobras

São Paulo – O coordenador geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), José Maria Rangel, afirmou que a greve de 72 horas da categoria, iniciada nesta quarta-feira (30), não afetará o abastecimento de combustível no país. Ele fez um paralelo com a crise de desabastecimento diante da greve dos caminhoneiros, cujos efeitos tendem a se normalizar nos próximos dias

“Não é verdadeiro que a greve pode causar desabastecimento porque, durante a paralisação dos caminhoneiros, a Petrobras continuou produzindo e os tanques estão abarrotados. Conduzimos o processo de tal forma para que não falte combustível para suprir as necessidades da população”, disse aos jornalistas Marilu Cabanãs e Glauco Faria na Rádio Brasil Atual.

A FUP convocou a greve nacional contra a política de preços dos combustíveis e do gás de cozinha, contra a privatização da Petrobras e pela saída imediata do presidente da estatal Pedro Parente. As primeiras ações começaram pela manhã em diversas refinarias, terminais e plataformas da Bacia de Campos, no Rio de Janeiro. 

Ouça a edição desta manhã do Jornal Brasil Atual