Fraterno

Lula manda carta ao MST: ‘Companheiros que lutam por terra e vida digna’

Em mensagem enviada por meio de advogados, ex-presidente agradeceu o apoio de todos que lutam contra a injustiça e acreditam na sua inocência

Ricardo Stuckert
Lula MST

Lula lembrou do carinho dos integrantes do MST durante as caravanas pelo Brasil

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enviou carta ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) pelo apoio prestado pelos “companheiros” no acampamento Lula Livre, nos arredores da sede da Polícia Federal (PF) em Curitiba, onde está preso há 18 dias. 

Na mensagem, escrita na última segunda-feira (23) e encaminhada pelos seus advogados, Lula diz que o MST, “mais do que ninguém” sabe o que é “sentir na pele” as dores da injustiça, e diz que escuta, todas as manhãs, o grito das pessoas que lhe desejam bom dia todas as manhãs. 

Confira a carta na íntegra

Meus queridos companheiros do MST,

Sei que muitas das vozes que me desejam um “bom dia” todas as manhãs são vozes dos companheiros e companheiras do Movimento Sem Terra. O MST, mais do que ninguém, sabe o que é sentir na pele a dor da injustiça, da perseguição, dos processos fabricados e manipulados, e das inúmeras prisões e mortes de companheiros que lutam pela terra e por uma vida digna.

A dedicação, a solidariedade e o carinho que vocês demonstraram nas caravanas que realizamos pelo Brasil, continuam firmes e fortes depois de todas as arbitrariedades cometidas contra mim. Eu tenho certeza que todos nós sairemos maiores e mais fortes desta situação. Nós estamos do lado certo da história. A todos vocês que acreditam da minha inocência e lutam contra a injustiça, serei sempre grato.

Um abraço fraterno.

Luiz Inácio Lula da Silva

Relembre o que já foi publicado sobre o tema

:: Lula reage a energia das cartas e quer responder todas
:: Preso político aos 16 anos, Ivan Seixas apoia campanha de cartas a Lula
:: De Manchester a João Pessoa, cartas de apoio ao ex-presidente Lula
:: Não vamos voltar à miséria que nos é imposta
:: Apoiadores escrevem cartas durante manifestação em SP: roubou meu coração
:: Cecília, 94, anos: fariseus de hoje só o querem fora da política: “Crucifica-o”, dizem
:: Alice, 7 anos: “Lula, acho que sua família está muito triste. A minha também”
:: Não me calarei diante dessa prisão absurda. Escreverei todos os dias
:: Solidariedade: apoiadores escrevem cartas ao ex-presidente.

Leia também

Últimas notícias