mobilização

Lula chega à sede da PF, em SP. Em Congonhas centenas de apoiadores o aguardam

Enquanto Lula chega à PF, na Lapa, jovens de movimentos de esquerda aguardam sua chegada no aeroporto de Congonhas, de onde dizem que não arredam pé até a chegada do ex-presidente

reprodução
mobilizacao em sp por lula.jpg

Cordão de pessoas tenta impedir que Lula embarque para a capital do Paraná onde cumprirá o mandado de prisão

Portal CUT – Enquanto o ex-presidente Lula chega à sede da Polícia Federal, em São Paulo, de onde deverá seguir para o aeroporto de Congonhas, depois de fazer o exame de corpo de delito, e, na sequência para Curitiba, ainda neste sábado (7), centenas de manifestantes, com palavras de ordem como “Mariele, presente”, “Amarildo, presente” e “Lula, presente”, se concentram há horas próximo a entrada das autoridades no aeroporto. 

O cordão de pessoas tenta impedir que Lula embarque para a capital do Paraná onde cumprirá o mandado de prisão, assim como a militância tentou impedir Lula de sair da sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. Lula só saiu da sede do sindicato após longa negociação de dirigentes do PT com a militância. A senadora Gleisi Hoffman foi uma das que pediu a compreensão da militância e explicou que se não cumprisse a ordem da Justiça, o prejuízo para Lula seria maior.

Em Congonhas, centenas de manifestantes, em sua maioria jovens de esquerda, ainda não foram convencidos de que devem deixar Lula cumprir a ordem. Todos afirmam que a prisão é injusta e que Lula é inocente.

“Lula não se prende, Lula é a gente“, “não vai ter prisão, vão ter de encarar o Lula na eleição”, “oh Sérgio Moro, vou te dizer a história vai condenar você…”, cantam os jovens.

A juventude diz que não arredará pé até Lula chegar ao aeroporto. Ainda não se sabe que horas o ex-presidente Lula deve chegar a Congonhas. Ele está neste momento na sede da PF, no bairro da Lapa, em São Paulo, onde deverá fazer exame de corpo de delito.

Entre as pessoas presentes ao Aeroporto de Congonhas está a deputada federal Luiza Erundina (PSOL-SP). 

“Lula é um fenômeno. Ele vem com uma missão histórica. Estive com ele ontem (6) e fiquei impressionada com o seu o bom humor, equilíbrio, generosidade. Ele é um estadista”, disse.

Segundo a deputada, Lula é um condutor de massas e ambos têm a mesma origem do sertão do Nordeste empurrados pela seca.

“Tenho um profundo respeito pelo companheiro. Vamos sair desse processo com ele engrandecido”.