Para o mundo ver

Atentado contra acampamento Lula Livre é destaque no The Guardian

Jornal inglês relata ataque contra apoiadores do ex-presidente, que deixou dois feridos, a liderança de Lula nas pesquisas e a crise política, econômica e assassinato de lideranças, como Marielle

Reprodução
guardian.jpg

Matéria do jornal inglês traça panorama da situação no Brasil

São Paulo – O site do jornal inglês The Guardian destacou o atentado a tiros contra o acampamento Marisa Letícia, que integra a vigília Lula Livre. O ataque deixou dois feridos, um deles baleado no pescoço.

Clique aqui para acessar a reportagem na íntegra.

A reportagem reproduziu depoimento da presidenta do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), que condenou o ataque. E destacou as inúmeras tentativas de visitas ao ex-presidente, como a do Prêmio Nobel da Paz Adolfo Pérez Esquivel, proibido de visitar Lula pela juíza Carolina Lebbos.

A reportagem menciona ainda que Lula lidera de “maneria confortável” pesquisas de intenção de votos para a Presidência da República e que o país está mergulhado em crise econômica, política e de segurança, com assassinatos lideranças do campo, ambientalistas e lideranças políticas, como a vereadora Marielle Franco.