Home Política Vídeo usa absolvição de réus do caso Bancoop para explicar inocência de Lula
Mesma acusação

Vídeo usa absolvição de réus do caso Bancoop para explicar inocência de Lula

'Se a ação é a mesma e os citados também, por que só Lula foi condenado e julgado em Curitiba?', questiona a publicação
Publicado por Redação RBA
13:39
Compartilhar:   
REPRODUÇÃO/FACEBOOK
video lula.jpg

‘A mesma ação, os mesmos citados, mas com resultado diferente para só um réu’, diz o video

São Paulo – Um vídeo divulgado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em seu Facebook, nesta sexta-feira (9), usa a absolvição de 12 acusados no caso da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo, a Bancoop, para questionar a condenação do petista. “A mesma ação, os mesmos citados, mas com resultado diferente para só um réu”, diz a publicação.

No dia 1º, a 10ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), por unanimidade, absolveu o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto e mais 11 acusados de estelionato em empreendimentos da Bancoop. O executivo da OAS Leo Pinheiro, outro implicado no processo, também foi absolvido.

O processo envolve quatro empreendimentos da cooperativa, incluindo o Condomínio Solaris, em Guarujá, litoral sul de São Paulo, que em outra ação tem um tríplex atribuído ao ex-presidente. A defesa de Lula já demonstrou que o imóvel nunca pertenceu a ele. 

A decisão da Justiça diz que existem alegações vagas sobre os supostos crimes e não pode ser aceito para provar crime. Não é o que pensa Sergio Moro, que condenou Lula por causa do depoimento de Léo Pinheiro. Se a ação é a mesma e os citados também, por que só Lula foi condenado e julgado em Curitiba?”, questiona o vídeo.

Denúncia com pedido de prisão contra Lula chegou a ser encaminhada pelos promotores do Ministério Público paulista José Carlos Blat e Cassio Conserino. A juíza Maria Priscilla Ernandes, da 4ª Vara do estado, remeteu a denúncia ao juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, em março de 2016. Moro mandou o caso da Bancoop de volta para São Paulo, mas reteve Lula sob sua alçada, contra quem conduziu inquérito em separado. 

Assista: