Home Política CUT prepara ações em defesa de Lula e da democracia
Calendário

CUT prepara ações em defesa de Lula e da democracia

Manifestações, atos e debates ocorrerão nos dias que antecedem o julgamento do ex-presidente no TRF4 em Porto Alegre. Para a central, processo virou 'linchamento político'
Publicado por Redação RBA
11:30
Compartilhar:   
reprodução/TVT
Lula

Em São Paulo, manifestação em defesa de Lula e da democracia será no dia 21 de janeiro, na Avenida Paulista

São Paulo – A CUT divulgou nesta quinta-feira (21) calendário de mobilização em apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em defesa da democracia e pela atuação imparcial da Justiça. Serão manifestações, atos e debates que ocorrerão nos dias que antecedem o julgamento do recurso de Lula no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), marcado para 24 de janeiro, em Porto Alegre, e contra a condenação do juiz Sérgio Moro na Operação Lava Jato.

O presidente da CUT, Vagner Freitas, afirma que o processo contra Lula se converteu em um “linchamento político”. Em reunião na sede da central, em São Paulo, ele afirmou que “a CUT não tem dúvida que Lula é inocente”. “É apenas um processo político de perseguição a Lula e ao que ele representa”, afirmou ao repórter Leandro Chaves, para o Seu Jornal, da TVT.

Em São Paulo, a manifestação em defesa de Lula e da democracia será no dia 21 de janeiro, na Avenida Paulista. No dia seguinte, juristas debatem as falhas e contradições do processo contra o ex-presidente na Faculdade de Direito de Universidade de São Paulo (USP), no Largo São Francisco. 

No dia que antecede o julgamento, será realizada uma vigília em frente ao prédio da Justiça Federal em São Paulo. Estão previstos cerca de 200 ônibus com militantes e apoiadores de todo o estado para Porto Alegre. 

“Não há elementos, estão condenando por convicção, porque não há provas materiais. Vamos viajar por 15 horas para defender um conceito que, para nós, é fundamental: o Estado de direito. Nós defendemos a Justiça, mas justiça de fato, e a democracia, não essa esculhambação, da politização e da partidarização do Judiciário”, afirmou o presidente da CUT-SP, Douglas Izzo. 

Confira o calendário em janeiro

15 – Debate com juristas em defesa do Lula em São Paulo (local a definir) 

21 – Ato em defesa de Lula, da democracia e por uma Justiça imparcial na Avenida Paulista

22 – Debate com juristas sobre as contradições e falhas do processo na Faculdade de Direito da USP

23 – Início de uma vigília que vai até o dia 24 em frente ao prédio da Justiça Federal, em São Paulo

No final da tarde, embarque dos apoiadores que irão para Porto Alegre

11h – Ato das mulheres em Porto Alegre

24 – Atos em todos os estados com todos que não puderam ir a Porto Alegre

Acompanhamento do julgamento de Lula em frente ao prédio do TRF4

Assista à reportagem do Seu Jornal, da TVT: