Você está aqui: Página Inicial / Política / 2017 / 09 / Grupo de empresários cria fundo para eleger deputados

interesses do capital

Grupo de empresários cria fundo para eleger deputados

Movimento é liderado por Eduardo Mufarej, Arminio Fraga, Abílio Diniz e o apresentador da Globo Luciano Huck
por Redação RBA publicado 28/09/2017 11h02
Movimento é liderado por Eduardo Mufarej, Arminio Fraga, Abílio Diniz e o apresentador da Globo Luciano Huck
DIVULGAÇÃO
abilio, huck e arminio.jpg

Diniz, Huck e Fraga querem eleger cerca de 100 deputados federais que defendam as ideais neoliberais

São Paulo – Um grupo de empresários devem anunciar na próxima semana a criação de um "fundo cívico", com o objetivo de arrecadar recursos e eleger, nas próximas eleições, cerca de 70 a 100 deputados federais que defendam as ideais neoliberais. O movimento é liderado por Eduardo Mufarej (sócio da Tarpon Investimentos), Arminio Fraga (ex-presidente do Banco Central), Abílio Diniz (presidente do conselho administrativo da BRF) e o apresentador Luciano Huck.

Para o analista político José Lopez Feijóo, o fundo é preocupante, pois ampliaria a bancada empresarial no Congresso Nacional, sem representar os interesses dos trabalhadores. "Eles representam o fim da política industrial e prejudica a classe trabalhadora do Brasil. Essa pauta só avança por causa dessa composição de deputados", critica, em sua participação no Seu Jornal, da TVT.

Ele exemplifica a maneira de trabalhar desses deputados, como a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do Teto de Gastos e a reforma trabalhista. "A Câmara tem 513 deputados, desses, 373 parlamentares são alinhados com os interesses empresariais e votam a favor de pautas conservadoras nocivas à sociedade", lamenta.

Alinhado ao PSDB, Luciano Huck, um dos participantes do grupo, é cotado para concorrer à Presidência da República em 2018. Na semana passada, o global teve um encontro com líderes do DEM no Rio. 

Assista: