Home Política Jovens fazem protesto em frente à casa do presidente do Senado
escracho

Jovens fazem protesto em frente à casa do presidente do Senado

Com faixas, manifestantes denunciaram papel desempenhado por Eunício Oliveira na tramitação das reformas propostas pelo governo Temer
Publicado por Redação RBA
11:51
Compartilhar:   
MÍDIA NINJA
protesto casa eunício.jpg

Manifestantes protestaram em frente à mansão do presidente do Senado na manhã desta quinta-feira (27)

São Paulo – Integrantes do Levante Popular da Juventude, do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) e do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) realizaram na manhã desta quinta-feira (27), um protesto na casa do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), em Fortaleza. Com faixas, os manifestantes denunciaram o papel exercido por Eunício no Senado, ajudando na tramitação de medidas do governo Temer como as reformas trabalhista e previdenciária e a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do teto dos gastos. Na calçada em frente à mansão do presidente do Senado, escreveram “Inimigo do povo: Eunício golpista”.

Durante a manifestação, Roberto Oliveira, da direção do MAB, disse que a luta para alertar a população sobre parlamentares cearenses que apoiaram o golpe continuará. “Neste prédio mora um dos principais inimigos do povo brasileiro. Estamos aqui para dizer que não aceitaremos mais um golpe atrás do outro. O Eunício é um dos responsáveis pela crise política do Brasil e as reformas trabalhistas. Não daremos um minuto de descanso para essas pessoas.”

Já Miguel Braz, do Levante, diz que o ato de hoje é apenas um dos recados da juventude brasileira contra os retrocessos. “A juventude veio aqui dar um recado a esse golpista que fatura milhões de reais e coloca a conta no bolso do povo. Não vamos aceitar esse monte de retrocessos aprovados por esse senador, que está articulado com Michel Temer.”

A ação dos jovens faz parte do “Escracho aos golpistas”, uma jornada de lutas que acontece em todo Brasil e que, segundo eles, tem o objetivo de denunciar os parlamentares e senadores que colaboraram com impeachment da ex-presidenta Dilma Rousseff.