Home Política Secretária de Doria entrega cargo e chama ação na cracolândia de ‘desastrosa’
saída

Secretária de Doria entrega cargo e chama ação na cracolândia de ‘desastrosa’

Patrícia Bezerra classifica a ação da PM, no último domingo (21), como 'desastrosa'
Publicado por Redação RBA
11:43
Compartilhar:   
PSDB/REPRODUÇÃO
Patrícia-Bezerra.jpg

Patrícia classifica repressão como ‘injusta’ e afirma ter receio com o futuro substituto na pasta

São Paulo – A secretária municipal de Direitos Humanos de São Paulo, Patrícia Bezerra, entregou carta ontem (24) ao prefeito João Doria (PSDB) notificando sua saída do cargo. Em reunião com a entidade A Craco Resiste, Patrícia criticou a repressão da gestão municipal com as pessoas da região da Cracolândia, no centro da capital. “Não concordo com a ação feita no último domingo (21). Foi desastrosa e nós (Secretaria de Direitos Humanos) não temos como partilhar disso”, afirmou.

A operação citada pela ex-secretária foi coordenada entre o prefeito e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), que foi criticada pelo excesso de violência por parte da Polícia Militar, sob a justificativa de combater o tráfico de drogas, na qual dispersaram dependentes químicos com bombas de gás e balas de borracha.

Ela classifica a ação dos mandatários tucanos como “injusta”. “Problema complexo não se resolve dessa maneira”, diz. 

Ainda no video divulgado, Patrícia diz ficará ao lado das minorias e afirma ter receio um possível futuro substituto na pasta. “Não estou preocupada se isso põem a minha cadeira em risco. Ela está a disposição. Isso me preocupa, sim, caso seu seja tirada da secretaria, quem sentará nesta cadeira com o mesmo encargo que sento hoje”, afirma.

Esta é a segunda baixa da prefeitura de João Doria. Em abril, Soninha Francine saiu da pasta de Assistência Social