fim de ano

Temer anuncia mudanças no FGTS e antecipa que vai mexer em regras do trabalho

Marcos Corrêa/PR Café da manhã de Michel Temer com jornalistas que cobrem Planalto: anúncios de medidas contra crise Brasília – Em discurso na manhã de hoje (22), durante café com […]

Marcos Corrêa/PR
temer_meirelles.jpg

Café da manhã de Michel Temer com jornalistas que cobrem Planalto: anúncios de medidas contra crise

Brasília – Em discurso na manhã de hoje (22), durante café com jornalistas, no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer anunciou que o governo vai liberar o saque de todo o dinheiro que trabalhadores tenham em contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). No mesmo evento, Temer afirmou que os juros do rotativo do cartão de crédito serão reduzidos pela metade e que vai editar uma medida provisória para regularizar propriedades em área urbana. No mesmo evento, o presidente disse que, ainda hoje, anunciará mudanças na área trabalhista.

Em relação ao FGTS, Temer disse que os trabalhadores poderão sacar todo o valor das contas inativas computado até dezembro de 2015. A expectativa é que as pessoas usem o dinheiro para quitar dívidas. O volume está estimado em R$ 30 bilhões, o equivalente a 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

Temer afirmou que pretende editar uma medida provisória para tratar da regularização fundiária nas cidades. Segundo ele, a questão está sendo finalizada pelo Ministério das Cidades e do Planejamento e a MP deverá ser promulgada logo após o Natal.

Por fim, ele afirmou que o governo vai enviar ao Congresso uma medida provisória que tratará da renovação do Programa de Manutenção e Geração de Empregos, cuja vigência terminaria neste ano.

Com Agência Brasil