Home Política Ameaça de bomba na Esplanada dos Ministérios é descartada
'fora, temer'

Ameaça de bomba na Esplanada dos Ministérios é descartada

A PM do Distrito Federal encontrou no pacote suspeito um bilhete pedindo a saída do presidente Michel Temer (PMDB), além de uma carta e um crachá roubado de uma funcionária do Ministério da Fazenda
Publicado por Redação RBA
16:48
Compartilhar:   
Valter Campanato/ABr
bombsb.jpg

Após a utilização de robô, um PM especialista examinou a ameaça

São Paulo – Uma ameaça de bomba em Brasília foi descartada por volta das 16h20 de hoje (28) pelo Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar local. A suspeita provocou interdições durante três horas nas vias próximas aos prédios administrativos das pastas da Fazenda e da Defesa, na Esplanada dos Ministérios. Dentro de um pacote suspeito, estava, entre outros objetos, um papel pedindo a queda do presidente Michel temer (PMDB).

A sacola foi deixado no local no início da tarde, o que provocou o isolamento da área. Os funcionários mantiveram o expediente normal durante a averiguação, apesar da proibição de entrada e saída dos prédios próximos.

Após acionada, a PM do Distrito Federal utilizou um robô com ferramenta de raio X, que descartou a possibilidade de materiais explosivos no pacote. Em seguida, um oficial do grupo, especializado em ameaças do tipo, examinou a sacola, devidamente protegido, para descartar riscos de armas químicas ou biológicas.

Além da nota que pedia a saída do presidente de seu cargo, a sacola ainda continha uma carta intitulada “Teoria do Caos”, assinada por um suposto doutor em energia e ambiente, além de um crachá roubado de uma funcionária do Ministério da Fazenda.

De acordo com a PM, a funcionária prestou queixa do assalto, informando que o homem que a abordou teria dito que “explodiria o governo”. A interdição no local começou à 1h, quando um segurança avistou o objeto. Por volta das 15h30, o ministro Henrique Meirelles saiu do prédio escoltado, furando o bloqueio, para uma reunião com Temer no Palácio do Planalto.

registrado em: , , ,