Você está aqui: Página Inicial / Política / 2016 / 03 / 'Há cooperação nacional e internacional para destruir o PT', afirma embaixador

samuel pinheiro

'Há cooperação nacional e internacional para destruir o PT', afirma embaixador

Diplomata defende que militância do PT vá às ruas e exija uma atitude da presidenta Dilma
por Redação RBA publicado 04/03/2016 12h32, última modificação 04/03/2016 13h53
Diplomata defende que militância do PT vá às ruas e exija uma atitude da presidenta Dilma
Wilson Dias/ABr
16062010-16062010WD6257B.JPG

Samuel Pinheiro: "Operação é arbitrária. Isso é um golpe de estado em andamento"

São Paulo – "O que está acontecendo no país é uma cooperação nacional e internacional para destruir o PT, e para introduzir no Brasil um modelo de economia igual à atual Argentina", afirmou hoje (4) o embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, em entrevista à repórter Laura Capriglione, do Jornalistas Livres, sobre o cerco ao ex-presidente Lula feito pela 24ª fase da Operação Lava Jato.

"A operação é arbitrária porque parte de delações que são antecipadas à imprensa, que tem o apoio da classe média. Isso é um golpe de estado em andamento", disse o embaixador.

Para Samuel Pinheiro, é imprescindível que a militância do PT vá às ruas. "Isso não é apenas uma manobra contra o presidente, é também contra as conquistas dos trabalhadores durante o governo Lula. É importante que a militância do PT vá às ruas e exija uma atitude da presidenta Dilma Rousseff."