paraná

Uma semana após massacre de professores, Richa troca secretário de Educação

Cargo será ocupado por Ana Seres Comin, que já respondia pela superintendência

Divulgação / ANPr
fernando_xavier.jpg

Exoneração ocorreu uma semana depois do massacre realizado pela PM contra professores em greve

Curitiba – O governo do Paraná anunciou hoje (6) a demissão do secretário de Educação, Fernando Xavier Ferreira, que será substituído por Ana Seres Trento Comin, formada em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), que já respondia pela superintendência. Ferreira saiu alegando razões pessoais, uma semana após o massacre realizado pela Polícia Militar contra professores em greve que resultou em mais de 200 docentes feridos. Também especula-se sobre a queda do secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini.

Os professores estaduais estão em greve desde 25 de abril contra projeto de lei que alterou o fundo previdenciário dos servidores públicos estaduais e pede a revogação do projeto, aprovado na quarta-feira (29) e sancionado no dia seguinte pelo governador Beto Richa (PSDB).

Em assembleia na noite de ontem, os docentes decidiram pela manutenção da greve. Eles também reivindicam reajuste de 13,1%,  concurso público e melhores condições de trabalho.