Você está aqui: Página Inicial / Política / 2015 / 05 / Uma semana após massacre de professores, Richa troca secretário de Educação

paraná

Uma semana após massacre de professores, Richa troca secretário de Educação

Cargo será ocupado por Ana Seres Comin, que já respondia pela superintendência
por Redação RBA publicado 06/05/2015 14h37, última modificação 06/05/2015 15h41
Cargo será ocupado por Ana Seres Comin, que já respondia pela superintendência
Divulgação / ANPr
fernando_xavier.jpg

Exoneração ocorreu uma semana depois do massacre realizado pela PM contra professores em greve

Curitiba – O governo do Paraná anunciou hoje (6) a demissão do secretário de Educação, Fernando Xavier Ferreira, que será substituído por Ana Seres Trento Comin, formada em Matemática pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), que já respondia pela superintendência. Ferreira saiu alegando razões pessoais, uma semana após o massacre realizado pela Polícia Militar contra professores em greve que resultou em mais de 200 docentes feridos. Também especula-se sobre a queda do secretário da Segurança Pública, Fernando Francischini.

Os professores estaduais estão em greve desde 25 de abril contra projeto de lei que alterou o fundo previdenciário dos servidores públicos estaduais e pede a revogação do projeto, aprovado na quarta-feira (29) e sancionado no dia seguinte pelo governador Beto Richa (PSDB).

Em assembleia na noite de ontem, os docentes decidiram pela manutenção da greve. Eles também reivindicam reajuste de 13,1%,  concurso público e melhores condições de trabalho.