Você está aqui: Página Inicial / Política / 2015 / 05 / ‘Aprovação de Fachin é vitória da democracia’, afirma Vannuchi

Positivo

‘Aprovação de Fachin é vitória da democracia’, afirma Vannuchi

Indicado por Dilma, novo ministro do STF foi aprovado pelo Senado por 52 votos a 27
por Redação RBA publicado 20/05/2015 14h05, última modificação 20/05/2015 14h45
Indicado por Dilma, novo ministro do STF foi aprovado pelo Senado por 52 votos a 27
Marcelo Camargo/ Agência Brasil
MC_Sabatina-Luiz-Edson-Fachin_0612052015.jpg

STF ganha um ministro com uma folha de ações, pareceres e decisões que não colocam os movimentos sociais como vilões

São Paulo – “A aprovação de Luiz Edson Fachin como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) é uma vitória para a democracia”, afirma o analista político Paulo Vannuchi, hoje (20), em sua coluna na Rádio Brasil Atual.

Segundo o comentarista, o STF ganha um ministro com uma folha corrida de ações, pareceres e decisões que não colocam os movimentos sociais como vilões, na contramão da mídia tradicional. Ele lembra que a aprovação de Fachin já era prevista, porém desmascara os golpes que eram lançados. “Isso barra a ofensiva mentirosa articulada pela mídia, que abandonou o papel do jornalismo.”

Vannuchi avalia o dia de ontem como positivo para a presidenta Dilma Rousseff. “Os meios de comunicações tucanos não tiveram como ignorar a visita do primeiro-ministro chinês, que foi uma notícia de impacto nacional, com a China apostando na economia brasileira, com programas de longo prazo, e compras que farão efeito num curto espaço.”

Outro derrotado na noite de ontem, segundo o comentarista, foi o presidente do Senado, Renan Calheiros. “O placar largo derrubou o jogo de tensão política contra Dilma. Nesse sentido, o Palácio do Planalto cuidou de não comemorar a aprovação de Fachin, para não melindrar aquele que era para ser um aliado seu.”

Ouça o comentário completo para a Rádio Brasil Atual.

registrado em: , ,