STF

PT cobra explicações de Gilmar Mendes sobre declaração contra ‘vaquinhas’

Primeira interpelação protocolada pelo partido foi arquivada esta semana pelo ministro Luiz Fux

Nelson Jr./Supremo Tribunal Federal

Magistrado levantou suspeita de lavagem de dinheiro nas campanhas de arrecadação para Genoino e Delúbio

São Paulo – O presidente nacional do PT, Rui Falcão, protocolou hoje (13), na Justiça do Distrito Federal, pedido de interpelação cível ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes. No dia 4, o magistrado acusou as campanhas de arrecadação do ex-deputado do PT José Genoino e do ex-tesoureiro do partido, Delúbio Soares, para pagar as multas da condenação na Ação Penal 470, de serem suspeitas de lavagem de dinheiro.

“O PT quer saber o motivo da ação maledicente e ilícita do ministro e se ele se manifestou como cidadão ou como magistrado. Com as respostas a tais indagações, o PT avaliará se deverá recorrer novamente à Justiça com eventual ação de indenização por danos morais”, explica a legenda em nota.

Para Falcão, as declarações de Mendes atacaram a honra do partido, de seus filiados e simpatizantes.  A legenda cobra provas do ministro com as quais ele poderia provar o que disse.

Na semana passada, Rui Falcão havia protocolado uma primeira interpelação, que foi arquivada esta semana pelo ministro Luiz Fux. O ministro justificou o arquivamento dizendo que o PT não teria legitimidade representativa para tal ação.

Por esse motivo, o partido resolveu interpelar Gilmar Mendes na justiça comum, de acordo com o artigo 867 do Código de Processo Civil.

Leia também

Últimas notícias