Você está aqui: Página Inicial / Política / 2013 / 10 / Fernando Bezerra anuncia pelo Twitter saída do governo

Integração Nacional

Fernando Bezerra anuncia pelo Twitter saída do governo

Desligamento do ministro da Integração Nacional é resultado da decisão do PSB de deixar a base de apoio do governo, passo decisivo para a provável candidatura presidencial de Eduardo Campos
por Redação da RBA publicado 01/10/2013 12h27, última modificação 01/10/2013 12h27
Desligamento do ministro da Integração Nacional é resultado da decisão do PSB de deixar a base de apoio do governo, passo decisivo para a provável candidatura presidencial de Eduardo Campos
Roberto Stuckert Filho/Planalto
bezerra_dilma_stuckert.jpg

O ministro da Integração Nacional era parte da cota do PSB, que agora deixa o governo por voo próprio

São Paulo – Duas semanas após a saída do PSB da base de apoio da presidenta Dilma Rousseff, Fernando Bezerra deixou o ministério da Integração Nacional. O anúncio foi feito hoje (1º), após reunião de Bezerrra com Dilma no Palácio do Planalto.

Pelo Twitter, ele agradeceu a oportunidade de servir ao país como ministro. "Aguardo um comunicado da presidenta Dilma para transmissão de cargo entre hoje e amanhã", acrescentou. Por enquanto, a presidenta não emitiu nota oficial sobre o caso.

O PSB anunciou a saída o governo no dia 18 de setembro, marcando um passo decisivo nas pretensões do presidente do partido e governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Bezerra entregou seu cargo no dia 19, mas a presidenta pediu para que ele aguardasse seu retorno de Nova York, na semana passada, onde participou da Assembleia Geral das Nações Unidas.

A ruptura causou um racha no PSB, com a saída de Cid Gomes, governador do Ceará, de seu irmão Ciro, que teve seu desejo de sair candidato em 2010 preterido por Campos, que na ocasião preferiu o apoio a Dilma. Junto com os irmãos, saíram cerca de 400 quadros do partido no Ceará, entre eles 38 prefeitos e 13 deputados federais.

Nascido em Petrolina (PE), Fernando Bezerra foi prefeito de sua cidade natal por três mandatos, de 1993 a 1996 e de 2001 a 2007. Foi deputado estadual e federal, secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco e presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape.

Com informações da Agência Brasil.