Home Política Assembleia Legislativa convoca reunião extraordinária para analisar caso Afif
Constituição e Justiça

Assembleia Legislativa convoca reunião extraordinária para analisar caso Afif

Comissão de Constituição, Justiça e Redação vai discutir parecer do deputado tucano Cauê Macris sobre pedido de cassação do vice-governador de São Paulo
Publicado por Eduardo Maretti, da RBA
20:06
Compartilhar:   
José Antonio Teixeira/Assembleia Legislativa
Maria Lúcia Amary

Deputada tucana Maria Lúcia Amary convocou reunião para a próxima terça-feira (18), às 15h

São Paulo – A deputada estadual Maria Lúcia Amary (PSDB), presidenta da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Assembleia Legislativa de São Paulo, convocou para dia 18, às 15h, reunião extraordinária do colegiado para analisar o parecer do deputado Cauê Macris (PSDB), favorável  à admissibilidade do pedido de cassação de mandato do vice-governador Guilherme Afif Domingos (PSD).

Afif acumula desde maio o cargo estadual com o de ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa do governo federal. O pedido de cassação é do deputado Carlos Giannazi (PSOL) no início de maio. O relatório de Macris não analisa o mérito da matéria, inédita na Assembleia.

Giannazi trabalha para que seu pedido de cassação ganhe regime de urgência e possa ser apreciado pelo plenário da casa. Segundo o parlamentar, a medida evitaria manobras regimentais, como pedido de vistas, que atrasem a apreciação do pedido. Se o relatório de Macris for aprovado, Afif terá cinco sessões ordinárias para apresentar defesa.

“Faço um apelo aos membros da Constituição e Justiça para que haja celeridade e o processo possa chegar rapidamente ao plenário”, discursou Giannazi. “O procurador-geral de Justiça de São Paulo, Márcio Fernando Elias Rosa Elias, orienta para que a Assembleia Legislativa cumpra o seu papel”, disse ainda, no plenário. Na quinta-feira (6), Elias Rosa manifestou-se no sentido da “inadmissibilidade” de Afif acumular os cargos de vice-governador e ministro.