Home Política Marta Suplicy diz estar ‘sensibilizada’ com pesquisa para prefeitura em 2012

Marta Suplicy diz estar ‘sensibilizada’ com pesquisa para prefeitura em 2012

Publicado por jessicasouza
14:42
Compartilhar:   

São Paulo – A senadora Marta Suplicy (PT) declarou estar muito “sensibilizada” pelo resultado da pesquisa Datafolha, divulgada nesta segunda-feira (5) em que aparece na liderança da disputa pela prefeitura de São Paulo em 2012. A ex-prefeita e pré-candidata aparece com preferência de de 29% a 31% dos entrevistados, dependendo do cenário.

Marta afirma que os índices são fruto da aprovação das obras realizadas na cidade durante sua gestão (de 2001 a 2004), e não algum tipo de efeito da campanha ao Senado, promovida no ano passado. “Tenho certeza que isso não é um recall de eleição do Senado. É um recall de obra feita na cidade e de gente que tem boas lembranças do que eu pude fazer”, declarou. A senadora participa durante todo o dia de um seminário sobre regiões metropolitanas na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Questionada sobre sua intenção de disputar o cargo, Marta declarou que, com 30% de intenção de votos, ela tem ótimas condições de encarar a disputa. A senadora explicou que o partido está se encaminhando para as prévias internas e que a pesquisa é um retrato do momento. Para ela, o quadro é “muito animador”.

O ministro da educação, Fernando Haddad, oscila de 1% a 2% nas simulações em que seu nome é citado. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já desmostrou que Haddad seria seu favorito para a prefeitura. É justamente por esse apoio de peso que se acredita que a realização de prévias seja um caminho cada vez mais provável dentro do partido para a definição do candidato à sucessão do atual prefeito Gilberto Kassab (ex-DEM, a caminho do PSD).

A jornalistas, Marta chegou a ironizar a baixa intenção de votos do ministro da Educação. “Eu nunca saí (da liderança). Eu sempre tive 30% e ele (Haddad) sempre teve 2%”, alfinetou.

Dados

Segundo o Datafolha, a senadora lidera a disputa com a vantagem média de 14 pontos em relação a seus adversários. Os resultados foram publicados nesta segunda-feira (5) pelo jornal Folha de São Paulo. Em disputa incluindo o ex-governador José Serra (PSDB) como um dos adversários, Marta teria 29%, ante 18% do tucano. O ex-deputado federal Russomano ficaria em terceiro, com 13%, seguido do vereador Netinho de Paula (PCdoB), com 8%, e da ex-vereadora Soninha Francine (PPS), com 6%. Ainda neste cenário, Paulinho da Força (PDT) aparece com 6%; Gabriel Chalita (PMDB), com 3%; Eduardo Jorge (PV) e Luiz Borges D’Urso (PTB) com 2%. Votos brancos e nulos somarariam 10%, e 3% dos eleitores não souberam responder.

Sem a ex-prefeita no pleito, Serra empata com Russomano (PP), em 19%. Em terceiro, Netinho, com 13%, seguido de Paulinho da Força e Soninha com 9%. Gabriel Chalita vem a seguir com 5% e Eduardo Jorge (PV), Luiz Borges D’Urso (PTB) e Fernando Haddad surgem com 2%. Votos brancos e nulos somariam 16% – 5% dos eleitores não souberam responder.

Em relação à rejeição dos pré-candidatos, Netinho de Paula não receberia votos de 33% dos eleitores. Ainda com percentuais elevados, Serra (32%) e Marta (30%) possuem índices de rejeição próximos. Paulinho da Força (23%), Soninha (18%) e Russomano (16%) também encontram resistências entre fatias do eleitorado paulistano. O Datafolha ouviu 1.039 moradores de São Paulo na quinta-feira (1º). A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

registrado em: , ,