Home Política PCdoB de SP aprova convite de Kassab para comandar secretaria da Copa 2014

PCdoB de SP aprova convite de Kassab para comandar secretaria da Copa 2014

Decisão ocorre por causa da saída do prefeito do DEM com destino ao PMDB. Adesão, porém, independe da data de oficialização da mudança de legenda
Publicado por anselmomassad
14:07
Compartilhar:   

São Paulo – O comitê municipal do PCdoB aprovou, na noite de terça-feira (8), o convite do prefeito de São Paulo (SP), Gilberto Kassab (DEM), para integrar sua administração. A princípio a adesão envolve a futura Secretaria Especial da Copa de 2014 e é justificada pela direção da legenda paulistana em função do contexto da troca de partido por parte do prefeito.

“A decisão partiu do convite feito pelo prefeito e leva em conta o contexto debatido da movimentação política dele, em direção à base de apoio do governo Dilma (Rousseff)”, explica Wander Geraldo da Silva, presidente do diretório municipal, à Rede Brasil Atual. Ele dá como certa a saída de Kassab do DEM, oposição ao governo federal, para ingressar no PMDB, do vice-presidente Michel Temer.

O posicionamento do PCdoB também envolve, segundo Silva, uma movimentação política de aglutinação de setores e partidos políticos em São Paulo. Ele cita, além do PCdoB, o PMDB e o PDT como parte da articulação.

“Como é uma questão que tem importância nacional, nós ainda estamos aguardando uma definição a partir de uma reunião com a executiva nacional do PCdoB”, explica Silva. O encontro com os diretores nacionais não tem data marcada, mas deve ocorrer até a próxima semana.

Silva afirma que o aceite do convite de Kassab independe da oficialização da saída do prefeito do DEM. O prefeito trata claramente do tema dando a mudança como certa, mas dependente da convenção de seu atual partido para ser concretizada. Outros detalhes da aliança além da secretaria dedicada aos preparativos para o Mundial de futebol de 2014 devem ser definidos posteriormente.

Nomes como o da presidente estadual da legenda, Nádia Campeão, que foi secretária de Esportes da capital na gestão Marta Suplicy, é um dos cotados, assim como os dos vereadores Jamil Murad e Netinho de Paula.