Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Serra diz acreditar em virada, apesar de pesquisas

Serra diz acreditar em virada, apesar de pesquisas

por Redação da RBA publicado , última modificação 30/10/2010 16h13

Serra, em bairro nobre de Belo Horizonte, encerra campanha (Foto: Cacalos Garrastazu/Obritonews/Divulgação)

São Paulo - Uma carreta em um bairro nobre de Belo Horizonte (MG) marcou o encerramento da campanha do candidato à Presidência da República, José Serra (PSDB) no estado. Segundo colocado nas pesquisas com 12 a 14 pontos percentuais atrás de Dilma Rousseff (PT), o tucano afirmou estar "muito confiante" em uma virada.

Depois da carreata, ele conversou com jornalistas no Palácio das Mangabeiras, residência oficial do governo de Minas Gerais, ao lado do senador eleito, Aécio Neves, e do governador eleito, Antonio Anastasia, ambos de seu partido. Serra afirmou que o evento foi um dos momentos mais emocionantes da corrida presidencial.

Assim como Dilma, ele prometeu que, caso eleito, não fará distinção entre governadores de situação e de oposição, dizendo não tratar adversários políticos como inimigos.

O segundo maior colégio eleitoral do país é considerado estratégico para a vitória neste domingo (31). As pesquisas de intenção de voto divulgadas em dois jornais locais apontam vantagem de até 19 pontos percentuais para Dilma entre os mineiros.

O percurso da carreata foi iniciado na Praça do Papa e terminou no bairro da Savassi, na área nobre da capital mineira. Houve farta distribuição de material de campanha entre pedestres e moradores da área, onde há concentração de eleitores tucanos.

Serra também esteve em São Bernardo, ao lado do governador eleito Geraldo Alckmin. O tucano, que fez carreata, disse que tem muitos vínculos com a cidade.

Com informações da Reuters