Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / PSB aposta em vitória em quatros estados e maior projeção

PSB aposta em vitória em quatros estados e maior projeção

Favorito em PE e no CE, partido tem grande expectativa no ES e na PB
por Por Maurício Thuswohl, Rede Brasil Atual publicado 03/10/2010 16h58, última modificação 03/10/2010 00h00
Favorito em PE e no CE, partido tem grande expectativa no ES e na PB

Aliado de primeira hora do PT e do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o PSB espera obter neste domingo (3) um desempenho nas urnas que propicie um salto de qualidade na atuação nacional do partido. Além da expectativa de ser umas das legendas que mais vai crescer na Câmara dos Deputados na próxima legislatura, o PSB tem a chance de eleger quatro governadores nestas eleições.

Os governadores de Pernambuco, Eduardo Campos, e do Ceará, Cid Gomes, aparecem nas pesquisas como favoritos à reeleição já no primeiro turno. Além deles, o PSB espera conquistar também no primeiro turno o governo do Espírito Santo, com o senador Renato Casagrande, e aposta em uma surpresa na Paraíba, onde Ricardo Coutinho ameaça a reeleição do governador José Maranhão (PMDB).

No Espírito Santo, o candidato ao governo estadual pelo PSDB, Luiz Paulo Velloso Lucas, que aparece com 16% das intenções de voto nas pesquisas, admitiu a derrota após votar em uma escola de Vitória: “O Casagrande soube reunir em torno de sua candidatura todos os partidos que estão no poder”, disse o tucano, fazendo referência ao adversário do PSB, que aparece com 79% das intenções de voto.

Apesar da grande vantagem, Casagrande evitou cantar vitória antes do tempo: “O que ganha uma eleição é a votação e não as pesquisas. Vamos ter paciência”, disse, para depois acrescentar, já em tom de discurso da vitória: “O resultado destas eleições é o resultado de uma história de vida, e não somente de três meses de campanha”, disse após votar em um centro educacional do bairro da Penha.

Indefinição na Paraíba

Os dois principais candidatos ao governo da Paraíba votaram neste domingo (3) ainda sob o impacto das pesquisas que indicaram uma situação de empate técnico. Considerado favorito até aqui, o governador José Maranhão (PMDB), com 47% das intenções de voto segundo o Ibope, vê sua reeleição ameaçada pela subida na última semana de campanha do candidato Ricardo Coutinho (PSB), que aparece com 42%.

Quem vencer este duelo pode levar o governo paraibano já no primeiro turno, e o candidato do PSB aposta na tendência de subida de sua candidatura para provocar aquela que seria uma das maiores surpresas destas eleições: “Eu já ultrapassei meu adversário. As pesquisas ainda não mostraram o que está acontecendo nas ruas”, disse Coutinho após votar no bairro de Manaira.

José Maranhão votou no bairro do Altiplano e demonstrou confiança na vitória no primeiro turno: “As pesquisas apontam que não haverá segundo turno na Paraíba. Então, minha expectativa é sair vitorioso hoje das urnas”, disse o governador, que visitou diversos municípios ao longo do dia.

(Com agências)