Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Plínio vê desorientação e desânimo do eleitorado

Plínio vê desorientação e desânimo do eleitorado

Para candidato do PSOL, povo votou no "menos mal". Segundo ele, outros candidatos fugiram do debate
por Vitor Nuzzi, da RBA publicado , última modificação 03/10/2010 21h55
Para candidato do PSOL, povo votou no "menos mal". Segundo ele, outros candidatos fugiram do debate

Plínio também lamentou baixo número de votos que recebeu (Foto: Wilson Dias/Abr)

São Paulo – O candidato do PSOL à Presidência da República, Plínio de Arruda Sampaio, afirmou que os resultados da eleição mostraram "desorientação e certo desânimo" do eleitorado. "As pessoas têm tido tantas decepções... É um povo que votou no menos mal, não é um voto positivo", criticou Plínio à Rede Brasil Atual.

Ele demonstrou também desapontamento com sua própria votação, após a recepção favorável a seu desempenho nos debates eleitorais. "Com tudo isso, eu tenho menos votos do que o Tiririca", lamentou. Até as 21h30, com 95% da apuração concluída, Plínio estava com 865.244 votos, ante 1.301.548 do candidato a deputado federal. "O voto do Tiririca é de protesto, mas totalmente despolitizado, sem discussão dos problemas brasileiros. Eu tentei desesperadamente colocar isso durante a campanha", desabafou.

Nesta segunda-feira (4), o comitê de campanha de Plínio irá se reunir para avaliar o resultado das urnas e qual será a posição do PSOL no segundo turno. "Evidentemente tenho as minhas opiniões, mas não vou adiantá-las antes de falar com o partido", comentou.

Ele voltou a criticar o comportamento de Dilma Rousseff (PT) e José Serra (PSDB). "Eles fugiram do debate comigo de uma forma espantosa. É uma eleição muito perigosa para o país", alertou.