Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Pesquisas indicam vitória de 6 candidatos pró-Dilma no 2º turno

Pesquisas indicam vitória de 6 candidatos pró-Dilma no 2º turno

Partidários da coligação “Para o Brasil Seguir Mudando”, da candidata governista Dilma Rousseff (PT), lideram levantamentos de intenção de voto na maioria dos 9 estados com segundo turno
por patriciasanfer publicado , última modificação 22/10/2010 18h42
Partidários da coligação “Para o Brasil Seguir Mudando”, da candidata governista Dilma Rousseff (PT), lideram levantamentos de intenção de voto na maioria dos 9 estados com segundo turno

São Paulo - Dos nove estados que terão de ir às urnas no dia 31 de outubro para definir o próximo governador, seis têm concorrentes partidários de Dilma Rousseff (PT) à frente. Apenas três pretendem eleger candidatos que apoiam coligação tucana, “O Brasil Pode Mais”. Alagoas,  Goiás, Pará,  definem quem estará à frente do Executivo estadual em segundo turno.

Em uma das disputas (PB), os dois candidatos a governador endossam a petista. Partidários de Dilma lideram no Amapá, Distrito Federal, Paraíba, Piauí, Rondônia e Roraima. Os dados para a análise foram colhidos de pesquisas feitas pelo Datafolha, Ibope e institutos regionais.

O estado de Alagoas tem Teotônio Vilela (PSDB) com 48% contra 40% de Lessa (PDT). O Pará é o estado em que o PSDB lidera com mais folga – Simão Jatene tem 60%, enquanto Ana Júlia Carepa (PT) marca 40% das intenções de voto. Os dados referem-se a levantamentos promovidos pelo Ibope.

Goiás apresenta empate técnico, apontando Marconi Perillo (PSDB) também com 48% e Iris Rezende (PMDB) com 44%. Neste estado, a disputa entre os candidatos a Presidência Dilma e José Serra é bem equilibrada. No primeiro turno, o percentual de diferença de votos foi de apenas 2,8 pontos. Além disso, na divisão da pesquisa por regiões - capital, centro, norte/noroeste/leste e sul -, varia o candidato que aparece na frente.

Em Goiânia, capital, o ex-prefeito Iris Rezende vence o senador Marconi Perillo, com 52% contra 38% dos votos. No centro do estado, onde estão Aparecida de Goiânia e Anápolis, os candidatos apresentam empate técnico (48% para Marconi e 44% para Iris). Na Região Norte/Noroeste/Leste, o candidato tucano vence por 51% a 41% o peemedebista. Marconi amplia vantagem sobre Iris na Região Sul do Estado, com 54% das intenções, diante de 41% de Iris.

Confira abaixo os números dos seis estados dilmistas:

Pró-Dilma na frente Pró-Serra na frente

Amapá

Camilo Capiberibe (PSB) – 50%
Lucas Barreto (PTB) – 43%

Ibope

Distrito Federal

Agnelo Queiroz (PT) – 54%
Weslian Roriz (PSC) – 31%

Datafolha

Paraíba

Ricardo Coutinho (PSB) – 52%
José Maranhão (PMDB) – 40%

Ibope

Piauí

Wilson Martins (PSB) – 50,06%
Sílvio Mendes (PSDB) – 41,61%

Data AZ

Rondônia

Confúcio Moura (PMDB) – 44,1%
João Cahúlla (PPS) – 38,9%

Phoenix

Roraima

Neudo Campos (PP) – 50%
Anchieta Junior (PSDB) - 41%

Ibope

Alagoas

Teotônio Vilela (PSDB) – 48%
Lessa (PDT) – 40%

Ibope


Goiás

Marconi Perillo (PSDB) – 48%
Iris Rezende (PMDB) – 44%

Ibope

Pará

Simão Jatene (PSDB) – 60%
Ana Julia Carepa (PT) – 40%

Ibope