Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 10 / Pará tem plano emergencial para garantir votações apesar de estiagem

Pará tem plano emergencial para garantir votações apesar de estiagem

por Agência Brasil publicado , última modificação 31/10/2010 08h38

Belém - Preocupado com as dificuldades que a falta de chuvas pode acarretar para o transporte de urnas pelos rios do Pará, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado preparou planos emergenciais para 38 municípios localizados principalmente nas regiões do Baixo Amazonas e da Ilha de Marajó.

Entre os municípios em estado de alerta estão: Monte Alegre, Santarém, Afuá, Terra Santa, Gurupá, Alenquer e Cachoeira do Piriá. O tribunal está atento também a localidades que historicamente apresentam problemas de logística. Nesse aspecto, um dos pontos mais críticos são os municípios de Jacareacanga, Afuá e Portel.

De acordo com o TRE-PA, para prevenir os contratempos ocorridos no primeiro turno foi reforçada a parceria com as Forças Armadas, empresas particulares e o Poder Público. Dessa forma, o tribunal pretende garantir o transporte de equipamentos e de pessoal por meio de aeronaves, caso a estiagem não permita a navegação.

Ao todo, 80 dos 144 municípios do estado terão a ajuda da Força Nacional em caráter preventivo. Esse número, que corresponde a 31% do total de municípios, se deve às dificuldades decorrentes dos aspectos geográficos do estado.