Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 09 / Candidatos de esquerda defendem reforma agrária em debate

Candidatos de esquerda defendem reforma agrária em debate

por guilhermeamorim publicado 22/09/2010 12h44, última modificação 22/09/2010 13h10

Candidatos do PCB, PCO e PSTU em debate do Brasil de Fato (Foto: Divulgação)

São Paulo - Nesta terça-feira (21), os candidatos à Presidência Ivan Pinheiro (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO) e Zé Maria (PSTU) participaram do "debate dos presidenciáveis de esquerda", promovido pelo jornal paulista Brasil de Fato.

Com argumentações bastante semelhantes, os presidenciáveis afirmaram que o governo Lula não avançou o suficiente na questão da reforma agrária. Para eles, o agronegócio acabou sendo mais beneficiado nos últimos anos de governo. "Não é possível fazer reforma agrária nas frestas de um regime. O problema do latifúndio é chave", afirmou Rui Costa Pimenta.

O debate não era exclusivo para os candidatos de pouca representatividade. Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PV) e Plínio de Arruda (PSOL) também foram convidados, mas alegaram problemas de agenda e não compareceram.

Os presentes lamentaram especialmente a não participação de Plínio no debate: "O PSOL é um dos partidos que gostaríamos de ver na frente de esquerda, mas é uma ausência desrespeitosa", disse Ivan Pinheiro. Os outros presidenciáveis, considerados de direita, não foram convidados.

O editor-chefe do Brasil de Fato, Nilton Viana, foi o mediador do evento. Os candidatos debateram sobre a situação econômica do país e colocaram suas propostas para o movimento sindical e a organização das manifestações populares.

O Brasil de Fato apresentava problemas técnicos até as 13h desta quarta e ainda não  havia disponibilizado a íntegra do debate.