Você está aqui: Página Inicial / Política / 2010 / 07 / Gastos com publicidade do governo de SP aumentam 156% em ano eleitoral

Gastos com publicidade do governo de SP aumentam 156% em ano eleitoral

por virginiatoledo publicado , última modificação 12/07/2010 16h00

São Paulo - Os gastos com publicidade feitos pelo governo de São Paulo mais do que duplicaram em relação às médias mensais de anos anteriores. O estado, administrado pelo PSDB e uma das principais vitrines da legenda na campanha presidencial, gastou nos primeiros seis meses deste ano o equivalente a R$ 141,8 milhões com publicidade e comunicação institucional.

Em reportagem da Folha de S. Paulo são apresentados dados do próprio governo que apontam a despesa na área aumentou R$ 30 milhões comparado com 2009. Analisando as médias do primeiro semestre dos últimos três anos, a média mensal é de R$ 9,2 milhões, contra R$ 23,6 milhões por mês no mesmo período deste ano. O aumento é de 156,5%. Nos primeiros seis meses de 2007, 2008 e 2009, o gasto em publicidade foi de R$19,5 milhões, R$33,5 milhões e R$ 111,8 milhões, respectivamente.

De acordo com a lei que aborda os gastos com publicidade, os custos em ano eleitoral não podem superar a média dos três anos anteriores. O valor médio deve ser diminuído ao final de 2010 porque é vedada a veiculação de propaganda de órgãos e secretarias estaduais nos três meses que antecedem o pleito.

Esse procedimento leva a uma ampliação do gasto nos primeiros meses de anos que têm eleição. Porém, a elevação no caso paulista foi acentuada. Para o governo federal, também houve elevação, mas de 97%.

registrado em: