Home Mundo Em Santiago de Cuba, Lula diz que Fidel era o último mito vivo
homenagem

Em Santiago de Cuba, Lula diz que Fidel era o último mito vivo

Ex-presidente chegou ao país acompanhado da ex-presidenta Dilma. Os dois participarão amanhã da cerimônia de sepultamento dos restos mortais do líder cubano
Publicado por Redação RBA
20:41
Compartilhar:   
Ricardo Stuckert
llla.jpg

Ex-presidente Lula encontrou presidente boliviano, Evo Morales, no aeroporto de Santiago de Cuba

São Paulo – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ex-presidenta Dilma Rousseff chegaram na tarde de hoje (3) ao aeroporto de Santiago de Cuba, onde encontraram-se com o presidente boliviano, Evo Morales. Eles participarão amanhã das homenagens póstumas a Fidel Castro, líder da Revolução Cubana, morto na sexta-feira 25 de novembro.

A jornalistas, Lula disse que Fidel foi um dos nomes mais representativos do século 20. “Eu dizia sempre, era o último mito vivo”. O ex-presidente disse que poucas vezes conheceu alguém com o comportamento e a dignidade de Fidel e estendeu o elogio ao povo cubano.

Ele lamentou o embargo comercial sofrido por Cuba desde 1962 por parte dos Estados Unidos e disse que espera ver os norte-americanos honrarem o acordo feito pelos presidentes Barack Obama e Raúl Castro, este ano, para restabelecimento das relações. “Espero que o povo cubano possa ter possibilidade de mostrar sua competência ao mundo”, disse Lula, referindo-se ao maior acesso à tecnologia que pode resultar desses acordos.

Ouça a entrevista de Lula em Cuba

O ex-presidente lamentou não ter podido ir antes a Cuba. Queria ver o Fidel antes de sua morte, mas esteja ele onde estiver, ele sabe do carinho que tenho por ele e a gratidão pelo que fez ao povo cubano”.

Lula criticou a imprensa brasileira, pois “parte dela que perdeu o respeito por Fidel”.

O ex-presidente mencionou aos jornalistas que ficou orgulhoso com o sucesso do vídeo que divulgou escrevendo em uma parede em seu sítio, em São Bernardo do Campo, a frase “Viva Fidel”, que, segundo ele, foi vista por milhões de pessoas mundo afora. “Se eu pudesse eu teria feito mais, mas foi o que me ocorreu”, disse.

registrado em: , ,