Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2016 / 07 / Trump é nomeado candidato do Partido Republicano para eleições

estados unidos

Trump é nomeado candidato do Partido Republicano para eleições

Confirmação ocorreu na segunda noite da convenção do Partido Republicano, que ocorre em Cleveland; magnata obteve 1.725 delegados dos 2.472 que tinham direito a voto
por Redação RBA publicado 20/07/2016 11h24, última modificação 20/07/2016 12h12
Confirmação ocorreu na segunda noite da convenção do Partido Republicano, que ocorre em Cleveland; magnata obteve 1.725 delegados dos 2.472 que tinham direito a voto
reprodução/Facebook Donald J. Trump
trump

Indicação de Trump foi assegurada após Nova York, seu estado natal, garantir 89 de um total de 95 delegados

Opera Mundi – O magnata Donald Trump foi proclamado ontem (19) candidato do Partido Republicano à Presidência dos Estados Unidos, após uma campanha que deixou para trás conservadores de peso na política norte-americana. A confirmação ocorreu na segunda noite da convenção do Partido Republicano em Cleveland, no estado de Ohio, onde os delegados de cada estado oficializaram a escolha do eleitorado durante as eleições primárias realizadas no primeiro semestre deste ano.

Em sua conta de Twitter, o candidato, de 70 anos, celebrou a indicação oficial. ‘É uma honra tão grande ser nomeado candidato republicano para a Presidência dos Estados Unidos”, escreveu Trump. "Trabalharei duro e nunca lhes decepcionarei! América primeiro!", completou.

Em seguida, em uma mensagem de vídeo transmitida diretamente de Nova York, ele classificou sua vitória como "histórica".

A indicação de Trump ficou assegurada após Nova York, estado natal do empresário, garantir a ele 89 de um total de 95 delegados.

A designação dos delegados nova-iorquinos foi lida pelo filho primogênito de Trump, Donald Jr., que estava acompanhado de seus irmãos Ivanka e Eric.

"É uma honra incrível ter sido parte desta viagem. Isto já não é uma campanha, é um movimento", assegurou ele, antes que soasse no auditório a música "New York, New York", de Frank Sinatra.

Segundo a apuração total, Trump obteve o respaldo de 1.725 delegados dos 2.472 que tinham direito a voto, número que representa 69,8% do total, contra 30,2% que não apoiaram o candidato.

Com um discurso nacionalista, populista e radicalmente contrário à imigração, Trump – que nunca ocupou um cargo político – derrotou 16 rivais nas eleições primárias em uma das campanhas mais imprevisíveis na história moderna dos Estados Unidos. Dentre os derrotados havia nomes como Jeb Bush, Ted Cruz e Marco Rubio.

Trump espera agora a realização da Convenção Democrata na próxima semana, que deverá indicar oficialmente a ex-secretária de Estado Hillary Clinton como candidata democrata, para dar início à campanha eleitoral.