Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2015 / 07 / Emir Sader: ‘No Tribunal de Haia, Bolívia está próxima de conseguir a saída ao mar’

reivindicação histórica

Emir Sader: ‘No Tribunal de Haia, Bolívia está próxima de conseguir a saída ao mar’

Segundo o cientista político, o tribunal deve dar resolução equitativa sobre a questão
por Redação RBA publicado 30/07/2015 12h27, última modificação 30/07/2015 12h33
Segundo o cientista político, o tribunal deve dar resolução equitativa sobre a questão
Jose LIrauze/ABI
JL-Papa-Bolivia-20150709-105.jpg

Evo Morales recebe o Papa Francisco: apoio aos bolivianos sobre a questão da conexão com o oceano

São Paulo – A reivindicação da Bolívia para que o país tenha uma saída ao mar está próxima de uma resolução. Em sua coluna na Rádio Brasil Atual, o cientista político Emir Sader afirma que o Tribunal de Haia, que está cuidando do caso, tem decisões equitativas, o que facilita a conquista boliviana.

“É uma reivindicação histórica, mas agora há mais possibilidades, porque o Tribunal de Haia tem dado resoluções equitativas. A Bolívia reivindica uma saída ao mar soberana, e dificilmente vai conquistar tudo isso, mas irão ceder à Bolívia alguma forma de acesso ao mar”, explica.

Sader também lembra que outro fator positivo para o país de Evo Morales é o Papa Francisco, que declarou apoio aos bolivianos em visita a La Paz. "O Papa esteve na Bolívia, disse que pensava na questão do mar, a Bolivia sentiu-se entusiasmada e propôs algo incômodo à presidenta do Chile, Michelle Bachelet: falar com o Papa sobre o tema. O Chile rejeitou, mas vai acabar tendo que, através do tribunal, conceder alguma forma de acesso ao mar para a Bolívia."

A reivindicação boliviana é histórica e vem desde o século 19, quando o país andino perdeu a guerra contra o Chile, que era apoiado por empresas inglesas, tomando territórios da Bolívia e Peru.

Ouça o comentário completo na Rádio Brasil Atual

registrado em: , ,