Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2013 / 07 / Maduro garante que 2014 será 'extraordinário' para economia venezuelana

Maduro garante que 2014 será 'extraordinário' para economia venezuelana

venezuela
por EFE publicado 14/07/2013 21h30, última modificação 15/07/2013 12h31
venezuela
Elza Fiúza/ABr
maduro_elza fiuza.jpg

Maduro: "Vamos superar a sabotagem econômica". No 1º semestre de 2013, inflação acumulou 25%

Caracas - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, garantiu hoje (14) que a economia do país crescerá no segundo semestre do ano, prometendo um 2014 "extraordinário", acusando opositores de atrapalhar o desenvolvimento do setor.

"O país vai melhorar muito porque vamos superar a sabotagem econômica e em 2014 vamos ter um bom ano econômico para todas as famílias venezuelanas", disse o chefe de estado durante um ato do governo exibido pela emissora estatal de televisão "VTV".

"Veja, o dano que estão fazendo a economia neste ano", afirmou Maduro, se dirigindo aos opositores, a quem chamou de "burguesia apátrida fascista".

A inflação acumulou 25% no primeiro semestre deste ano, contra 7,5% no mesmo período de 2012 e também o acumulado de todo o ano passado, que foi de 20,1%.

Os altos índices inflacionários tinham sido previstos por economistas depois que o governo desvalorizou a moeda em 32%, no início de fevereiro.

O país, além disso, passou por uma crise de desabastecimento de produtos básicos, que obrigou a importação de grandes quantidades de alimentos e artigos de higiene.

O líder da oposição, Henrique Capriles, também falou hoje da crise econômica, garantindo que chegou o "momento da mudança" no país.

registrado em: , ,