Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2013 / 06 / Opositores dizem ter coletado mais de 22 milhões de assinaturas contra Mursi

Opositores dizem ter coletado mais de 22 milhões de assinaturas contra Mursi

conflitos
por EFE publicado 29/06/2013 13h50, última modificação 29/06/2013 13h58
conflitos
Ahmed Khaled/efe
mursi

Vários egípcios contrários ao presidente egípcio protestam no Cairo com cartazes com a palavra "Vete" em árabe

Cairo - O movimento opositor Tamarrud (Rebelião) assegurou hoje (29) ter mais de 22 milhões de assinaturas contra o mandato do presidente egípcio, Mohamed Mursi, e para exigir a convocação de eleições antecipadas, anunciou o porta-voz do grupo, Mahmoud Badr.

Em entrevista coletiva na sede do Sindicato de Jornalistas no Cairo, Badr explicou que a campanha conseguiu 22.134.465 assinaturas, muito acima do objetivo inicial, que era de 15 milhões, o que superaria assim os 13,2 milhões de votos que Mursi recebeu nas eleições presidenciais do ano passado.

O porta-voz disse ainda que as assinaturas serão entregues ao Supremo Tribunal Constitucional para pedir que o órgão retire a confiança a Mursi e convoque eleições presidenciais antecipadas.

Este movimento é um dos organizadores das manifestações convocadas em todo o país para amanhã, quando se completa um ano da posse de Mursi.

Ao lado de outras forças políticas da oposição, o Tamarrud anunciou nesta semana a criação da Frente do 30 de Junho, que propõe uma roteiro para o país que começa pela renúncia de Mursi e segue com uma transição de seis meses na qual o poder será assumido pelo presidente do Tribunal Constitucional.

Em entrevista coletiva realizada hoje, dez senadores de forças políticas não islamitas com cadeira na "Shura" ou na câmara alta tornaram pública sua renúncia.

registrado em: , ,