Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2013 / 05 / Espanha encoraja países latino-americanos a continuar visitando suas cidades

Espanha encoraja países latino-americanos a continuar visitando suas cidades

mundo
por evelynpedrozo publicado 17/05/2013 14h17
mundo
Moyan Brenn/Flickr
barcelona

Barcelona, localizada na costa do Mediterrâneo, é a segunda maior cidade da Espanha, só perdendo para Madri

Santiago – A Espanha começou uma forte campanha de turismo nos países da América Latina a fim de aumentar rumo ao país o fluxo de visitas desta região, que mostra na atualidade um pujante crescimento econômico.

"I need Spain" foi a iniciativa apresentada para mais de 30 representantes de agências de turismo na noite de ontem (16), na capital chilena, pelo conselheiro de Turismo e diretor do Escritório Espanhol de Turismo em Buenos Aires, Horacio Díaz del Barco.

Horacio afirmou à Agência EFE que a intenção é aumentar o poder da marca turística Espanha no mundo, mas agora, especialmente, nos países latino-americanos.

"Criamos um potencial para que a chegada de turistas latino-americanos à Espanha aumente. Está crescendo muito a chegada de turistas de Chile, Peru e também Equador", acrescentou.

Horacio disse que diferentes anúncios são feitos para fazer crescer e tornar o turismo na Espanha mais rentável, "um país onde se pode passear por suas ruas a qualquer hora do dia ou da noite".

Neste sentido, destacou o turismo cultural e o turismo de compras, "um verdadeiro paraíso das vendas", e também destacou o grande número de "Albergues de Turismo".

Os "albergues" são um conjunto de hotéis de alta categoria distribuídos por toda a Espanha, localizados em prédios emblemáticos ou lugares de destaque que foram selecionados por seu interesse histórico, artístico ou cultural.

Horacio ressaltou que de toda a região latino-americana, a maior origem de turistas para a Espanha é o Brasil, com cerca de 400 mil pessoas ao ano, seguido por Argentina, com cerca de 350 mil.

"Ao contrário, o que menos turistas nos envia é o Uruguai, mas para nós é um mercado muito interessante pelo nível de renda de seus habitantes, embora sejam muito poucos comparado com outros países da região", ressaltou.

O embaixador da Espanha no Chile, Iñigo de Palacio, elogiou o plano de turismo "porque é um plano da Espanha que cresce, a Espanha que mostra sua força, sua cultura, seu desenvolvimento, seu esporte, sua gastronomia, tudo o que temos de bom".

"Essa é a Espanha eterna, não a Espanha da crise, essa é justamente a cara da Espanha que não está em crise, é um negócio (o turismo) em uma fase de desenvolvimento importante. É um plano extraordinário e contamos muito com os mercados latino-americanos", asseverou Palacio.

O diplomata destacou que a América Latina neste momento está em uma fase de expansão de sua economia. "Tem raízes muito fortes, muito poderosas, muito presentes na Espanha e eu acho que temos muitas coisas para oferecer e encorajar nossos amigos chilenos e latino-americanos a continuarem vindo à Espanha para nos visitar."