Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2013 / 04 / Por integração ao Mercosul, Bolívia inicia série de reuniões em Montevidéu

Por integração ao Mercosul, Bolívia inicia série de reuniões em Montevidéu

Objetivo boliviano é definir a posição do país acerca dos mecanismos regionais
por do OperaMundi publicado , última modificação 29/04/2013 12h16
Objetivo boliviano é definir a posição do país acerca dos mecanismos regionais

São Paulo – O governo da Bolívia começa hoje (29) em Montevidéu, no Uruguai, uma série de reuniões para negociar a integração do país ao Mercosul. Em comunicado oficial, o Ministério das Relações Exteriores boliviano afirma que as reuniões servem para "traçar linhas de trabalho e promover encontros empresariais".

O objetivo de La Paz é definir a posição do país acerca dos mecanismos regionais, além de mostrar aos dirigentes uruguaios como a Bolívia pretende atuar no bloco. Há quatro meses a Bolívia negocia o processo de integração como membro pleno do bloco. A série de reuniões foi definida pelo presidente Evo Morales em dezembro, em Brasília, quando participou da Cúpula do Mercosul com  os demais presidentes do grupo.

Na ocasião, Morales assinou o protocolo de adesão, que visa fazer da Bolívia o sexto integrante do Mercosul. Com o documento, a Bolívia passou a ser membro com voz nas cúpulas do Mercosul, mas sem direito a voto - o que ocorre apenas quando o país completar o processo de adesão. 

Para concluir o processo de integração da Bolívia, agora, é preciso que o Parlamento de cada país que integra o bloco aprove a entrada do novo membro. Fazem parte do Mercosul Uruguai, Brasil, Argentina, Venezuela e Paraguai (este suspenso temporariamente).

Segundo informações da Agência Brasil, o vice-ministro do Comércio Exterior boliviano, Pablo Guzman, disse que uma vez que o processo seja aprovado, o país "terá um papel de dupla personalidade no Cone Sul", já que pertencerá simultaneamente ao Mercosul e da Comunidade Andina de Nações (CAN), que integra com a Colômbia e o Peru.

A Bolívia é membro pleno da CAN desde a sua fundação em 1969 e juntou-se o Mercosul como associado em 1997.