Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 12 / Saúde de Chávez melhora gradualmente, diz vice-presidente da Venezuela

Saúde de Chávez melhora gradualmente, diz vice-presidente da Venezuela

por Renata Giraldi, da Agência Brasil publicado , última modificação 24/12/2012 09h22

Brasília – Após 12 dias da cirurgia do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, para a retirada de um tumor maligno na região pélvica, ele se recupera gradualmente, segundo o vice-presidente da República e chanceler, Nicolás Maduro. De acordo com Maduro, as orações das pessoas "complementam" o trabalho dos médicos. Chávez está em Havana, Cuba, onde se submeteu à cirurgia e segue o tratamento pós-operatório. Não há previsão de alta.

"Em um momento tão bonito, de recolhimento, meditação, reflexão, nossa mente está sempre em oração para acompanhar o nosso presidente nesse processo de luta pela vida, que está se consolidando a cada dia e que nos enche de felicidade. Chávez sabe que está recebendo as orações e elas complementam o trabalho de uma equipe médica que, podemos dizer, é a melhor do mundo, do ponto de vista científico, acadêmico e de prática clínica", disse Maduro.

Chávez foi operado no último dia 11, em Havana. Antes de viajar, fez um pronunciamento à nação, informando que o câncer havia reincidido e pediu o apoio da população para que, na sua ausência, Maduro seja confirmado o novo presidente. Porém, pela Constituição da Venezuela, se Chávez não retornar ao poder, será necessário realizar novas eleições.

As incertezas sobre a saúde de Chávez provocaram vários debates políticos na Venezuela. No próximo dia 10, está marcada a posse do presidente, que foi reeleito em outubro. Os aliados do governo querem mudar a data, a oposição na aceita. Pela legislação venezuelana, na ausência do presidente, assume o governo o presidente da Assembleia Nacional, Diosdato Cabello, e em 30 dias, no máximo, devem ocorrer novas eleições presidenciais.