Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 10 / Presidente da Colômbia se recupera após retirada de tumor

Presidente da Colômbia se recupera após retirada de tumor

por Luis Jaime Acosta e Nelson Bocanegra, da Reuters publicado , última modificação 03/10/2012 17h33

Bogotá – O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, se recuperava hoje (3) de uma cirurgia considerada satisfatória para a retirada da próstata por causa de um pequeno tumor cancerígeno, afirmou o médico responsável pelo procedimento.

O mandatário permanecerá dois ou três dias na clínica em que foi operado, no norte de Bogotá, mas continuará exercendo suas funções durante sua recuperação, descartando que seu vice-presidente, Angelino Garzón, assuma temporariamente a Presidência. Garzón se recupera de um acidente vascular cerebral sofrido em junho que limitou seus movimentos.

"A intervenção cirúrgica ocorreu de maneira usual, com sucesso, sob anestesia local como havia sido planejado, ele esteve consciente durante todo o procedimento", disse o urologista especializado em oncologia, Felipe Gómez, a jornalistas. "As descobertas que tivemos durante a cirurgia foram esperadas de acordo com os exames prévios, o andamento da cirurgia aconteceu sem problema algum ... a recuperação está ocorrendo no momento", acrescentou.

O médico havia antecipado na terça-feira que Santos não precisará de tratamentos adicionais, como quimioterapia ou radioterapia. O economista de 61 anos educado nos Estados Unidos e no Reino Unido disse na segunda-feira, quando anunciou o tumor, que estava tranquilo e confiante de que ficará totalmente curado.

A equipe médica recomendou a Santos que não viaje nas próximas três semanas. O colombiano é o mais recente líder da América Latina diagnosticado com câncer, após o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, e do Brasil, Dilma Rousseff, além dos ex-mandatários Luiz Inácio Lula da Silva e do paraguaio Fernando Lugo.

© 2012 THOMSON REUTERS. ALL RIGHTS RESERVED