Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 10 / A dez dias da votação, eleição nos Estados Unidos permanece indefinida

A dez dias da votação, eleição nos Estados Unidos permanece indefinida

por Vitor Abdala, da Agência Brasil publicado , última modificação 27/10/2012 10h36

Rio de Janeiro – A dez dias da eleição presidencial, marcada para 6 de novembro, a corrida para a Casa Branca permanece indefinida. O presidente que busca a reeleição, Barack Obama, e o candidato republicano, Mitt Romney, disputam voto a voto a preferência do eleitorado dos Estados Unidos.

Quando não indicam pequena vantagem para um dos lados, as pesquisas de intenção de voto mais recentes mostram empate técnico entre os dois candidatos. Na pesquisa da rede de televisão CNN, divulgada no dia 22, por exemplo, Romney e Obama aparecem empatados, com 47% das intenções de voto.

Já a pesquisa do Instituto Gallup, feita entre os dias 18 e 24 deste mês, aponta liderança de Obama por 1 ponto percentual, com 48% entre os eleitores registrados. Mas, como o voto nos Estados Unidos não é obrigatório, o mais importante são aqueles eleitores que realmente devem votar. E, para este grupo, Romney aparece como favorito, com 50% das intenções de voto, 3 pontos percentuais a mais que Obama.

Um fator que torna mais complexas as pesquisas de intenção de voto nos Estados Unidos é o fato de a eleição ser decidida pelo colégio eleitoral, e não pela maioria dos eleitores. Por isso, mais importante que saber quantos eleitores votarão em qual candidato, é conhecer em quais estados cada candidato será mais votado.

Segundo pesquisa de intenção de voto do jornal The New York Times, com base na votação estimada para cada candidato por estado, Obama leva vantagem, com 185 votos de 15 estados garantidos e 52 votos de cinco estados tendendo para ele.

Pela pesquisa, Romney tem 168 votos de 21 estados garantidos e 38 votos de quatro estados tendendo para ele. No cenário apresentado pelo The New York Times e compartilhado, em parte, pela rede CNN, estariam em jogo, nos próximos dias, os 95 votos de oito estados indecisos. Os principais são Flórida (29 votos), Ohio (18) e Virgínia (13).

“Ohio e Flórida, como ocorreu na maioria das eleições anteriores, são locais críticos [para este pleito]. A maioria das pesquisas recentes mostra Obama à frente em Ohio e Romney à frente na Flórida. Em Virgínia, também parece que vai ser apertado. Era um estado majoritariamente republicano até 2008 [quando o democrata venceu ali] e Obama espera repetir ali a vitória daquele ano”, afirma Chris Galdieri, pesquisador do Saint Anselm College, tradicional instituição de estudos políticos de New Hampshire.

Aliás, New Hampshire, com quatro votos, está entre os demais estados indecisos, segundo as pesquisas da CNN e do New York Times, junto com Wisconsin (dez votos), Colorado (nove), Iowa e Nevada (seis, cada).

“Obama também levou Colorado, Iowa e New Hampshire facilmente em 2008, mas está parecendo muito mais apertado neste ano. Nevada votou em Obama em 2008 e provavelmente o fará de novo neste ano. Mas a campanha de Romney acha que eles têm alguma chance ali”, disse Galdieri.

Segundo o especialista, nesses estados, nenhum dos dois candidatos tem margem suficiente para fazer o outro desistir da disputa. “As [duas] campanhas têm dinheiro e pessoal suficiente para se manter ativas em cada um desses estados.”