Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2012 / 09 / Líder da esquerda mexicana, López Obrador anuncia saída 'amigável' do PRD

Líder da esquerda mexicana, López Obrador anuncia saída 'amigável' do PRD

por do Opera Mundi publicado 10/09/2012 12h42, última modificação 10/09/2012 12h42

O ex-candidato progressista à Presidência do México, Andrés Manuel López Obrador, anunciou no domingo (09), diante de cerca de 100 mil apoiadores, sua saída do PRD (Partido da Revolução Democrática).

Em seu discurso de despedida, ele pediu a seus seguidores para decidirem, a partir do dia 12 de setembro, em assembleias populares, se a organização civil Morena (Movimentação de Renovação Nacional), comandada por ele, deve se transformar em um partido. As informações são da agência de notícias France Presse.

"Vamos decidir se Morena continua como associação civil ou se constitui um partido político", afirma o líder da esquerda mexicana. "Vou dedicar toda minha imaginação e trabalho à causa da transformação do México e farei isso pelo Morena. Por esse motivo, me separarei dos partidos do Movimento Progressista", disse López Obrador durante comício na praça Zócalo, região central da Cidade do México.

Esta foi a primeira concentração popular liderada por Obrador depois que o Tribunal Eleitoral do México validou a eleição presidencial, no dia 31 de agosto, em que Obrador foi derrotado pelo candidato do PRI (Partido Revolucionário Institucional), Enrique Peña Nieto, por 31,6% contra  38,2% dos votos respectivamente.

Obrador garantiu que sua saída ocorreu amigavelmente. “Não se trata de uma ruptura” com o PRD, o Movimento Cidadão e o Partido do Trabalho, grupos políticos que apoiaram sua candidatura através da aliança Movimento Progressista em 2006 e 2012. "Agradeço em especial aos militantes do PRD, partido do qual participei desde sua formação, pelo qual fui dirigente nacional e onde militei por 23 anos. Deixo no PRD muitos amigos", declarou.