Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2011 / 12 / mais-de-3-mil-palestinos-foram-presos-por-israel / Mais de 3 mil palestinos foram presos por Israel em 2011

Mais de 3 mil palestinos foram presos por Israel em 2011

Ao todo, mais de 750 mil pessoas já foram detidas em prisões israelenses
por Marina Terra publicado , última modificação 27/12/2011 00h00
Ao todo, mais de 750 mil pessoas já foram detidas em prisões israelenses

São Paulo - Um relatório elaborado por organizações palestinas mostrou que mais de três mil palestinos foram presos por autoridades israelenses em 2011. De acordo com o idealizador do estudo, o pesquisador, Abdul Nasser Ferwaneh, em média 276 pessoas foram presas por mês, ou cerca de nove por dia.

Do total de 3.312 palestinos presos, 113 foram libertados após acordo entre o Hamas e Israel, firmado em outubro com a mediação do Egito.

Apesar do elevado número, a quantidade de palestinos detidos diminuiu, de acordo com Ferwaneh. Em 2007, um total de 7.612 pessoas foi presa por forças de segurança israelenses. Segundo a ONG Addameer (Organização de Apoio a Prisioneiros Palestinos), no começo de dezembro Israel deteve quase o mesmo número de palestinos que soltou na primeira fase do acordo com o Hamas.

Desde 18 de outubro desse ano, data em que 477 palestinos foram solto, Israel prendeu cerca de 470 pessoas. "Essa onda de prisões revela que o acordo não arrefeceu a política israelenses de detenção de palestinos; em vez disso, as prisões israelenses estão sendo novamente povoadas com o mesmo número de palestinos liberados em outubro", afirmou a ONG.

Atualmente, 4.937 palestinos estão presos em Israel, de acordo com a Addameer. Desde 1967, Israel prendeu mais de 750 mil palestinos, incluindo mulheres e crianças, conforme relatório da Autoridade Nacion. Cerca de 40% dos homens em territórios palestinos ocupados por Israel foram presos ao menos uma vez na vida.

Fonte: OperaMundi