Você está aqui: Página Inicial / Mundo / 2011 / 11 / Comissão Europeia projeta estagnação e desemprego ainda elevado em 2012

Comissão Europeia projeta estagnação e desemprego ainda elevado em 2012

por Redação da RBA publicado , última modificação 11/11/2011 00h16


São Paulo – Previsão da Comissão Europeia, divulgada nesta quinta-feira (10), mostra estagnação da economia da União Europeia em 2012 e ligeiro crescimento em 2013, confirmando que a crise não passará tão cedo. "Todos os principais indicadores apontam para uma estagnação da recuperação econômica, com riscos consideráveis", diz relatório. A estimativa é de expansão de 0,5% no ano que vem, tanto na UE como na zona do euro, atingindo respectivamente 1,5% e 1,25% no período seguinte. "Não obstante as disparidades de crescimento entre os vários países da UE, nenhum grupo de países escapará ao abrandamento da economia."

Com essas projeções, o mercado de trabalho continuará tendo desempenho ruim. "O desemprego deverá manter-se no elevado nível atual de 9,5%, com os mercados de trabalho dos Estados-membros ainda apresentando divergências entre si", afirma a Comissão Europeia. Para a inflação, a estimativa é de que caia a um nível inferior a 2% no ano que vem. "O abrandamento da atividade econômica e aumentos moderados deverão contribuir para a diminuição da inflação", mostra o relatório, citando ainda a "diminuição gradual" dos preços de energia.

O documento aponta três ricos à economia da UE e da zona do euro: a "continuação do clima de incerteza relacionado com a crise da dívida soberana, a debilidade do setor financeiro e a falta de dinamismo do comércio mundial". A comissão divulgará novas previsões em fevereiro.