Home Mundo Justiça do Chile decide exumar corpo de Salvador Allende em maio

Justiça do Chile decide exumar corpo de Salvador Allende em maio

É a primeira vez que o Judiciário vai apurar a causa da morte do ex-presidente, na tentativa de esclarecer se a versão oficial, de suicídio, é verdadeira
Publicado por Redação da RBA
13:57
Compartilhar:   

A senadora Isabel, filha de Salvador Allende, foi autora do pedido de exumação (Foto: Divulgação)

São Paulo – A Justiça chilena determinou a realização, na segunda quinzena de maio, da exumação do corpo do ex-presidente Salvador Allende, morto durante o golpe de Estado de 11 de setembro de 1973. É a primeira vez que o país vai investigar a morte do político socialista.

A intenção de Mario Carroza, responsável por investigação a respeito, é saber se a versão oficial, que versa que Allende cometeu suicídio, é correta ou não. A outra hipótese é que o então presidente tenha sido atingido por algum dos disparos efetuados contra o Palácio de La Moneda. Naquela data, com apoio logístico de agentes dos Estados Unidos, militares chilenos bombardearam o domicílio presidencial. 

Assista a um vídeo que mostra o bombardeio de La Moneda

“Penso que é um trabalho mais que importante, é uma responsabilidade tremenda. Sou parte do Poder Judiciário, que é o que tem a responsabilidade nestes casos, e espero cumprir meu dever”, assinalou Carroza ao diário La Nación.

O juiz atende a um pedido da senadora Isabel Allende, filha do ex-presidente, com quem teve uma audiência no começo desta semana. “Para o país – e internacionalmente – é muito importante chegar a essa certeza e verdade jurídica, e o passo fundamental que demos hoje é que a família solicita a exumação e a autópsia, que é a prova mais rigorosa e definitiva para estabelecer as causas da morte”, afirmou a parlamentar do Partido Socialista.

A solicitação dela foi somada à da Agrupação de Familiares de Executados Políticos, que no último dia 4 de março pediu a exumação de Allende e de outros 400 casos de vítimas do regime de Augusto Pinochet. Com isso, o juiz Mario Carroza tem nas mãos 1.500 pedidos do gênero, dos quais determinou que se iniciem os trabalhos de perícia e investigação em 726.

Victor Jara

Em dezembro de 2009, o Serviço Médico Legal chileno realizou a exumação do corpo do cantor Victor Jara, também morto em condições não esclarecidas. Foi realizada uma investigação para chegar ao local de sepultamento. Após o resgate dos restos mortais, familiares, fãs e integrantes da Função Victor Jara realizaram uma cerimônia fúnebre que durou dois dias. 

registrado em: